Você está aqui: Página Inicial / EVENTOS / Why People Believe What They Believe

Why People Believe What They Believe

por Rafael Borsanelli - publicado 01/07/2019 19:15 - última modificação 16/08/2019 13:27

Detalhes do evento

Quando

de 08/08/2019 - 14:00
a 08/08/2019 - 17:00

Onde

Sala Alfredo Bosi, Rua Praça do Relógio, 109, Cidade Universitária, São Paulo

Nome do Contato

Telefone do Contato

(11) 3091-1686

Adicionar evento ao calendário

1º encontro do ciclo O que a Ignorância tem a nos ensinar?

As pessoas expressam crenças prontamente e assumimos que existe uma conexão entre elas e suas ações. Além disso, a pesquisa psicológica fornece evidências de que as ações geralmente determinam as crenças, e não o inverso, o que suscita a pergunta: "Para o que servem as crenças?" Finalmente, a filosofia experimental tem mostrado que as crenças podem ser fortemente influenciadas por eventos irrelevantes. Esta apresentação examinou a relação entre desejos, crenças e ações, bem como os métodos bons e ruins de se estabelecer crenças válidas. Os efeitos da socialização, da filosofia política e do raciocínio motivado também foram discutidos num esforço para resumir algumas das muitas maneiras pelas quais adquirimos crenças e como elas afetam ou não as nossas vidas.

Sobre o ciclo

Vivemos em um mundo em que a informação a respeito dos mais diversos assuntos nunca foi tão acessível para um número tão grande de pessoas – e, no entanto, a ignorância avança. Isso vale até mesmo para a ignorância sobre coisas que, hoje, é possível conhecer com alguma facilidade. A disseminação de boatos, a princípio fáceis de desmentir, alastra-se com mais rapidez e alcance do que qualquer desmentido; políticas públicas são por vezes formuladas e postas em prática sem levar em conta o conhecimento científico relevante sobre o tema; e mesmo as mais exóticas teorias da conspiração conseguem hoje atrair um número impressionante de adeptos.

Em resposta a isso, um número crescente de pesquisadores de diversas áreas têm demonstrado interesse em compreender melhor a natureza da ignorância. O que é, exatamente, a ignorância? Como melhor estudá-la? Quais são os seus impactos? Em que condições a ignorância pode ser algo desejável? E como manejá-la, nos casos em que ela é indesejável?

Para dar um primeiro passo na resposta a essas questões, reuniremos, em sete encontros, pesquisadores de diversas áreas – com o objetivo de explorar algumas abordagens possíveis sobre o tema.

Exposição

Stuart Vyse (pesquisador independente)

Mediação

Carlos Orsi (Instituto Questão de Ciência)

Inscrições

Evento público e gratuito | Em inglês sem tradução

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

Para assistir online, não há necessidade de inscrição: http://www.iea.usp.br/aovivo

Organização

Instituto Questão de Ciência

Instituto de Estudos Avançados

Evento com transmissão em: http://www.iea.usp.br/aovivo