Você está aqui: Página Inicial / EVENTOS / Descolonizando a Psicologia e sua História

Descolonizando a Psicologia e sua História

por Cláudia Regina - publicado 19/01/2021 17:00 - última modificação 24/02/2021 08:09

Detalhes do evento

Quando

de 24/09/2021 - 14:30
a 24/09/2021 - 16:30

Onde

ON-LINE

Nome do Contato

Telefone do Contato

11 3091-1686

Adicionar evento ao calendário

A categoria de descolonização surgiu a partir da revisão crítica da construção histórica da modernidade e de suas expressões na América Latina, Ásia e África. A compreensão do processo de modernização de sociedades tradicionais em termos de fenômeno planetário constituído por relações assimétricas de poder econômico e político, cuja implicação necessária seria a subalternização das práticas sociais e culturais e da própria subjetividade dos povos dominados, acarretou a consideração das tensões entre colonialidade e libertação como constitutivas da modernidade. Surgiu assim, a partir da crítica da imposição de padrões culturais exógenos em comunidades tradicionais, um conjunto de estudos a respeito da dialética da resistência à dominação cultural, que afeta também a própria dinâmica da produção científica em diversas áreas das ciências humanas. Dentre outros, Walter Mignolo investiga, na história da América Latina, os processos de constituição da colonialidade, enfatizando especialmente a construção das identidades latino-americanas. Lembre-se também a contribuição original do psicólogo Inácio Martin Baró, com a proposição de uma Psicologia da Libertação. Nessa perspectiva, a live debate como a questão da decolonização atravessa diversas áreas da psicologia (saúde mental, psicologia educacional, psicologia do desenvolvimento, psicologia social). Evidencia também a contribuição dos estudos históricos com foco nas relações entre a psicologia e o contexto sociocultural. A consolidação de uma visão decolonial da produção científica na área possibilitará a escuta e a compreensão da lógica social e cultural dos grupos oprimidos no Brasil na América Látina.

Inscrições

Evento público e gratuito | sem inscrição prévia

Programação

14h30

Abertura

14h40

Decolonizing Health Psychology - Wade Pickren (Pace University) - (proferida em inglês, com tradução consecutiva)

15h10

A Topica da Decolonização e os Estudos Históricos dos Saberes Psicológicos nas Culturas Marcadas pelo Colonialismo: o Caso do Brasil – Marina Massimi (IEA/USP)

15h30

Decolonizando a Psicologia do Desenvolvimento e a Psicologia Educacional – Pina Marsico (Universidade de Salerno)

15h50

Decolonizando a Psicologia Social - a Experiência Brasileira – Regina Helena de Freitas Campos (FE/UFMG, Centro de Documentação e Pesquisa Helena Antipoff)

16h10

Debate - Moderação: Raquel M. Assis (UFMG)

Evento com transmissão em: http://www.iea.usp.br/aovivo