Você está aqui: Página Inicial / EVENTOS / O Dispositivo Cinematográfico na Construção de Outros Regimes de Verdade: O Documentário Pastor Cláudio

O Dispositivo Cinematográfico na Construção de Outros Regimes de Verdade: O Documentário Pastor Cláudio

por Sandra Sedini - publicado - última modificação 16/09/2019 15:58

Detalhes do evento

Quando

de 23/09/2019 - 14:00
a 23/09/2019 - 18:00

Onde

Sala Alfredo Bosi, Rua da Praça do Relógio, 109, térreo, Cidade Universitária, São Paulo

Nome do Contato

Telefone do Contato

11 3091-1678

Adicionar evento ao calendário

O Ciclo de debates Violações de direitos humanos: dispositivos clínico-políticos tem como objetivo discutir dimensões conceituais e metodológicas de escuta de pessoas que sofreram/sofrem violações de direitos humanos; produzir subsídios para a para a formulação de dispositivos para as Clínicas de Direitos Humanos e para a ampliação da rede de apoio da Plataforma do Observatório da Violência Policial e Direitos Humanos (OVP-DH) da PUC-SP.

Todas as 4 mesas do Ciclo  contam com a organização de Maria Cristina G. Vicentin (PUC-SP); Paulo Endo (USP); Cláudia Trigo Aguiar (PUC-SP); Lívia Santiago Moreira (Instituto Sedes Sapientiae/UNICAMP), todos membros do Grupo de Pesquisa Direitos Humanos, Democracia, Política e Memória (GPDH) do IEA.

No dia 23 de setembro, as 14h, o IEA realiza a segunda mesa que terá exibição do filme “Pastor Cláudio”, documentário escrito e dirigido por Beth Formaggini, que mostra o encontro entre o bispo evangélico Cláudio Guerra — ex-delegado responsável por assassinar e incinerar opositores à Ditadura Militar no Brasil (1964-1985), — e Eduardo Passos — psicólogo e ativista dos Direitos Humanos, que trabalha no atendimento a vítimas da violência do estado ontem e hoje.

No longa, Pastor Cláudio, respaldado por uma interpretação contestada da Lei da Anistia e hoje membro ativo da comunidade evangélica, revela, dentre outros crimes, como fazia para desaparecer com corpos durante sua atuação como agente do estado brasileiro no período da Ditadura.

Após a mostra do filme, às 15h30, haverá debate com os diretores.

A mediação será do coordenador do GPDH, Paulo Endo (USP) e com comentários de Márcio Seligmann-Silva (UNICAMP e GPDH IEA).

Abaixo, a programação das demais mesas, que acontecerão na Pontifícia Universidade Católica (PUC SP), Campus Perdizes, Prédio Bandeira de Mello, Terceiro andar, Sala 303.

11/09, 17h
O dispositivo grupal na re/construção de histórias interrompidas pela
violência de estado;

9/10, 14h
Sofrimento ético-político e dispositivos coletivos de escuta de mães e
familiares de vítimas da violência de estado;

16/10, 14h
Narrar os atos de ódio contra LGBTs: implicações para a escuta e os
estudos da subjetividade.

Inscrições

Evento público e gratuito | Sem inscrição

Não há necessidade de inscrição para assistir on-line

Apoio

Universidades pelos Direitos Humanos

Programa de Estudos Pós-graduados em Psicologia Social da PUC-SP (Núcleos Lógicas Institucionais e Coletivas/NUPLIC; Dialética Inclusão/Exclusão/NEXIN).

Evento com transmissão em: http://www.iea.usp.br/aovivo

registrado em: