Você está aqui: Página Inicial / EVENTOS / Figurações da Família na Literatura Brasileira do Século XX

Figurações da Família na Literatura Brasileira do Século XX

por Richard Meckien - publicado 18/10/2019 16:30 - última modificação 11/09/2020 16:27

A literatura é um campo privilegiado de representações e elaborações de histórias e dinâmicas familiares. Oferece, portanto, um repertório importante de conhecimentos sobre questões sociais, culturais e psicológicas que atravessam a família brasileira. Isto quer dizer que, ao ler os textos literários, é possível refletir sobre os valores, modos de funcionamento, dinâmicas, conflitos e transformações da família brasileira ao longo do século XX. E a via inversa também é verdadeira: o diálogo da análise literária com o campo dos estudos multidisciplinares da família pode contribuir para uma compreensão ampliada dos textos literários, de suas representações e elaborações sobre a vida familiar.

Contemplada com uma vaga de pesquisadora no Programa Ano Sabático do Instituto de Estudos Avançados da USP, no período de 1 de agosto de 2019 a 31 de janeiro de 2020, Belinda Mandelbaum está desenvolvendo a pesquisa Figurações da Família na Literatura Brasileira do Século 20, que visa conhecer modos pelos quais a família brasileira - seus arranjos e composições, modos de organização, relações de gênero e entre as gerações, seus valores e dinâmicas intersubjetivas – foi retratada e elaborada em textos consagrados da Literatura brasileira do período. O curso de difusão, de mesmo nome, visa compartilhar com o público de dentro e de fora da universidade os achados desta pesquisa.

Gratuito, ele será desenvolvido ao longo de oito aulas, sempre às terças-feiras, das 10:00 às 12:00, a partir de 15/09/2020.

Objetivo

Oferecer um repertório advindo dos estudos sobre Família nas Ciências Humanas, com contribuições advindas da História, da Sociologia, da Antropologia, da Psicologia e da Psicanálise, que organize um campo de diálogos com textos da Literatura Brasileira do século XX, através do qual se possam conhecer as concepções de família, relações e dinâmicas familiares mobilizadas nesses textos, bem como refletir sobre a constituição do sujeito moderno no Brasil a partir de suas configurações familiares, tais como se apresentam na literatura trabalhada. As análises a serem realizadas, ainda que priorizem a leitura desarmada dos textos literários selecionados, devem convocar e tencionar os estudos de família nos diversos campos do conhecimento, em diálogo com o contexto sociocultural brasileiro.

Coordenação

Belinda Mandelbaum (IP-USP)

Público-alvo

Na qualidade de curso de difusão, estará aberto a todos os interessados – estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores, professores e público interessado, de dentro e fora da comunidade da USP.

Critérios de avaliação

85% de frequência às aulas.

Critérios de Seleção

As vagas serão preenchidas conforme ordem de inscrição.

Cronograma

  • Inscrição: de 24/08 a 08/09 pelo sistema Apolo (http://e.usp.br/f3h).
  • Divulgação da lista de inscritos: 10/09.

 

Resultado

A direção do IEA optou por oferecer vagas adicionais para o curso. Inscritos que estiverem em lista de espera devem confirmar o seu interesse por uma vaga enviando uma mensagem para rkmeckien@usp.br.

Lista de matriculados

Lista de espera

Local

O curso será ministrado de forma online via plataforma remota Zoom. O link de acesso e outras informações pertinentes serão enviados por e-mail aos inscritos.

Programa

Nas primeiras três aulas, serão apresentadas contribuições teóricas e metodológicas advindas dos diversos campos do saber que possam fundamentar a leitura dos textos literários e a pesquisa, no interior deles, dos temas relacionados à família.

15/09 | Aula 1: Estudos de família no campo das Ciências Humanas

  • Evolucionismo e Estruturalismo;
  • Contribuições dos estudos de História da família brasileira;
  • Estudos de família no campo da Teoria Crítica.


Textos para leitura:

Berquó, E. (2014). A família no século XXI: um enfoque demográfico. Revista brasileira de estudos de população, 6(2), 1-16. Recuperado de https://www.rebep.org.br/revista/article/view/554.

Candido, A. The Brazilian Family. In: Smith, T. L. & Marchant, A. (orgs.). Brazil: portrait of half a continent. Nova York: The Dryden Press, 1951.

Corrêa, M. Repensando a família patriarcal brasileira. In: Cadernos de pesquisa n°37. São Paulo: Fundação Carlos Chagas, 1981. p. 5-16. Recuperado de http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index.php/cp/article/view/1590/1580.

Horkheimer, M; Adorno, T. (1956). Família. In: Temas básicos da sociologia. Tradução de Álvaro Cabral. São Paulo: Cultrix, 1978, p. 132-150.

Lévi-Strauss, C. A família. In: O olhar distanciado. Lisboa: 70, 1986.

Samara, E. O que mudou na família brasileira (da colônia à atualidade). Psicologia USP, vol.13, n.2, 2002, pp. 27-48.

22/09 | Aula 2: Estudos de família nos campos psicológico e psicanalítico

  • Origens e contribuições do trabalho com famílias no campo psicológico: a família como sistema e aportes da teoria da comunicação humana;
  • A compreensão da família a partir do campo psicanalítico: inconsciente familiar, teoria do vínculo, trauma e transmissão intergeracional.


Textos para leitura:

Mandelbaum, B. Psicanálise da família. SP: Casa do Psicólogo, 1ª edição, 2008, p. 37-106.*

29/09 | Aula 3: Método de leitura, sobre ler/interpretar um texto: entre compreender e explicar. Trabalho com textos de Paul Ricoeur, Antônio Candido e Davi Arrigucci Jr.

Textos para leitura:

Arrigucci Jr., D. Em busca do sentido. In: O guardador de segredos. São Paulo: Companhia das letras, 2010, p. 219-238.

Candido, A. Os elementos de compreensão. In: Formação da literatura brasileira. 5ª. edição. Belo Horizonte: Ed. Itatiaia/São Paulo: Edusp, 1975. p. 34-36.

Ricoeur, P. ¿Qué es un texto?. In: Del texto a la acción: ensayos de hemenéutica II. Trad. Pablo Corona. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 2000, [1986], p. 127-147.

As cinco aulas seguintes serão dedicadas à leitura de textos literários, sempre com foco nas questões relativas à família.

06/10 | Aula 4: "O peru de Natal", do livro Contos novos (1947/2015), de Mário de Andrade.

13/10 | Aula 5: "A imitação da rosa", do livro Laços de família (1960/1969), de Clarice Lispector.

20/10 | Aula 6: "Sorôco, sua mãe, sua filha", do livro Primeiras estórias (1962/1964), de Guimarães Rosa.

27/10 | Aula 7: Poemas "Confidências do itabirano", "Retrato de família", "Convívio", "Perguntas", da Antologia poética (1962/1987), e "Mancha", "Paredão" e "Fim da casa paterna", de Boitempo (1968/1979), de Carlos Drummond de Andrade.

03/11 | Aula 8: Lavoura arcaica (1975/1989), de Raduan Nassar.

Texto para leitura:

Mandelbaum, B. Na lavoura arcaica. Estudos Avançados, IEA/USP: 32 (92), 2018.

*Em função do grande número de páginas selecionadas para leitura, a ministrante do curso solicitou à editora alguns exemplares do livro para serem destinados a venda. Alunos interessados na aquisição devem entrar em contato por e-mail.