Você está aqui: Página Inicial / EVENTOS / 2º Seminário: Integração entre as Áreas do Conhecimento

2º Seminário: Integração entre as Áreas do Conhecimento

por Cláudia Regina - publicado 14/02/2020 13:55 - última modificação 27/02/2020 12:47

Detalhes do evento

Quando

de 16/05/2020 - 08:30
a 16/05/2020 - 16:30

Onde

Auditório IEA, Rua da Biblioteca, 128, Cidade Universitária, São Paulo

Nome do Contato

Telefone do Contato

11 3091-4441

Adicionar evento ao calendário

Inscrições

  • Evento público, gratuito e com inscrição préviaTotal de vagas 150
  • A inscrição estará aberta das 9h do dia 23/04 e até às 15h do dia 08/05/2020 ou até o preenchimento total das vagas.
  • Confirmação de participação de 11 a 14-05-2020
  • Público online não há necessidade de se inscrever.

Programação

HORÁRIOS

MOMENTOS

8h30 – 9h

Recepção - Café

9h – 9h30

Abertura

9h30 – 10h20

Momento 1

A Língua Materna e a MatemáticaNilson José Machado (FE e IEA/USP)

Entre a Matemática e a Língua Materna existe uma relação de impregnação mútua. Como componentes curriculares, tal impregnação se revela por meio de um paralelismo nas funções que desempenham, uma complementaridade nas metas que perseguem, uma imbricação nas questões básicas relativas ao ensino de ambas. A superação das dificuldades com o ensino de Matemática não pode prescindir de uma exploração consciente da essencialidade de tal impregnação. Relações entre a oralidade e a escrita, desenvolvimento do pensamento crítico e compreensão das relações entre exatidão e aproximação são alguns dos temas a serem explorados na presente palestra.

10h20 - 11h

Debate

11h – 11h50

As Ciências Humanas e as Ciências NaturaisNaomar de Almeida Filho (UFBA e IEA/USP)

A ideia de áreas de conhecimento tem como fundamento uma metáfora espacial dos saberes científicos, implicando delimitação territorial. Nos momentos históricos de emergência do mundo moderno, não havia divisões no que hoje chamamos de conhecimento científico, totalizado na noção de Filosofia Natural. O termo ‘filosofia’ designa toda a sabedoria humana, por suposto integrada; ‘natural’ e ‘natureza’ vêm de natura, propriedade do que nasce, do que surge. O termo “ciências humanas” vem do Iluminismo francês que compreendia as sciences de l’homme como parte ou segmento das ciências naturais. A separação e posterior distanciamento entre saberes científicos se consolida no final do século XIX, no racionalismo alemão que consagra as noções de geisteswissenschaft (ciências do espírito) e naturwissenschaft (ciências da natureza). No mundo contemporâneo, as ciências passam por um movimento de integração ou reintegração, superando divisões para articular conhecimentos e saberes em perspectivas pós-disciplinares e transepistêmicas.

11h50 – 12h30

Debate

12h30-13h30 Almoço – Saguão Auditório do IEA

13h30 – 14h20

Momento 2

A Linguagem e as Ciências HumanasLino de Macedo (IP e IEA/USP)

Objeto, espaço, causalidade e tempo são as quatros categorias do real segundo Piaget. Essas categorias são linguagens das ciências exatas e, igualmente, das ciências humanas. Mas, no caso dessas, expressam-se, via Geografia e História, como formas descritivas e políticas de representação ou apropriação ou, então, como acontecimentos históricos, cujas narrativas tecem a história humana e seus desejos de dominação do que, por princípio, pertencem a todos.

14h20 – 15h

Debate

15h – 15h50

As Ciências da Natureza e a Matemática Luis Carlos de Menezes (IF e IEA/USP)

A descrição da Natureza, na Grécia Clássica, ou antes e depois, sempre se desenvolveu junto com as linguagens matemáticas. Há cerca de cinco séculos, quando as Ciências da Natureza se tornaram experimentais, continuaram a ser absolutamente dependentes da Matemática. Hoje, tanto Biologia, Física e Química, quanto ciências mais específicas, como Cosmologia, Epidemiologia ou Sismologia, seriam inconcebíveis sem recursos matemáticos como os de Álgebra, Cálculo Diferencial, Geometria ou Estatística. De certa forma, tal é a integração entre elas que constituem um todo inseparável, um construto contínuo da cultura humana.

15h50 – 16h30

Debate

16h30

Café - Encerramento

Como chegar

O acesso ao Auditório do IEA é feito pela Portaria B, Rua da Biblioteca, 128. Há estacionamento gratuito no local.

Metrô
A partir da Estação Butantã (Linha Amarela), é possível chegar ao IEA utilizando a linha 8012-10 - Cid. Universitária / Metrô Butantã, que sai do Terminal Metrô Butantã.

Ônibus
Linhas que chegam à USP:

  • 177H-10 - Cid. Universitária / Metrô Santana
  • 701U-10 - Cid. Universitária / Metrô Santana
  • 702U-10 - Cid. Universitária / Terminal Parque D. Pedro II
  • 7181-10 - Cid. Universitária / Terminal Princesa Isabel
  • 7411-10 - Cid. Universitária / Praça da Sé
  • 7725-10 - Rio Pequeno / Terminal Lapa
  • 8012-10 - Cid. Universitária / Metrô Butantã
  • 809U-10 - Cid. Universitária / Metrô Barra Funda


O ponto mais próximo é o da Praça da Reitoria. Veja aqui o trajeto à pé.

Carro
Há estacionamento gratuito no local.

Onde comer

A organização irá oferecer almoço no local.

Evento com transmissão em: http://www.iea.usp.br