Você está aqui: Página Inicial / O IEA / Organização / Polo Ribeirão Preto / Ex-Coordenador

Ex-Coordenador

por Marilda Gifalli - publicado 09/10/2013 11:30 - última modificação 21/05/2019 11:27

Fernando de Queiroz Cunha  (Coordenador)

Fernando Queiroz Cunha Professor titular do Departamento de Farmacologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, foi coordenador do polo do IEA de Ribeirão Preto de abril de 2015 a abril de 2019. Graduou-se em ciências biológicas, modalidade médica, pela Universidade de Brasília (UnB), obteve o título de mestre em fisiologia e farmacologia pela Universida de Federal do Ceará (UFC) e tornou-se doutor em farmacologia pela USP. É membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC) e consultor do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

Currículo Lattes

 

Oswaldo Baffa Filho

Oswaldo Baffa Filho

Gestão de 2008 a 2013

Recebeu seu Bacharelado em Física (1976) no Instituto de Física e Química de São Carlos (IFQSC) da Universidade de São Paulo (USP), onde também concluiu seu mestrado (1980) e doutorado (1984), na área de física aplicada (Biofísica Molecular). Desde então tem trabalhado em projetos interdisciplinares na interface das áreas de biofísica e física médica. Dosimetria e datação por Ressonância de Spin Eletrônico (ESR), Biomagnetismo e Imagens por Ressonância Magnética (MRI) têm sido áreas de seu interesse ao longo de sua carreira. Em 1981, ingressou no Departamento de Física e Matemática, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP), Universidade de São Paulo como professor assistente onde foi promovido a professor titular em 1996.

Realizou um estágio de pós-doutorado (1986-1988) no Departamento de Física Médica, Universidade de Wisconsin-Madison, com o apoio da Fundação John Simon Guggenheim, que foi muito importante para a criação de um grupo de pesquisa em biomagnetismo. Esse grupo ganhou reconhecimento nacional e internacional por meio de muitos artigos de pesquisa publicados, teses de mestrado e doutorado orientadas, projetos concluídos, subvenções obtidas, e convites para organizações painéis, palestras e seminários em congressos nacionais e internacionais. Vários trabalhos pioneiros em magnetismo aplicado ao estudo do trato gastrointestinal foram realizados. O prof. Baffa mantém uma longa colaboração com o Laboratório de Biomagnetismo do Departamento de Física Médica da UW-Madison, onde foi indicado como professor visitante até 2013. Seus interesses estavam em início de carreira focados principalmente na área de Biofísica, pesquisando os aspectos estruturais das hemoproteínas.

Posteriormente vem se dedicando mais à área de física médica, especialmente com trabalhos em biomagnetismo aplicado ao estudo da motilidade gastrintestinal, ressonância paramagnética eletrônica para dosimetria e datação, ressonância magnética (MRI) para dosimetria, espectroscopia (MRS), e a ressonância magnética funcional (fMRI), entre outras aplicações. Tem aplicado o método de datação por ESR em diversos sítios arqueológicos brasileiros, como o da Pedra Furada em São Raimundo Nonato, Piauí. É um dos coordenadores do Projeto CINAPCE, patrocinado pela FAPESP, para a área de Neurociências. Alem disso possui ampla experiência no ensino de disciplinas de graduação e pós-graduação. Oswaldo Baffa foi Vice-Diretor e Diretor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto-USP FFCLRP, membro do conselho universitário da USP, chefe de departamento, presidente de comissões e participante de outros colegiados. Foi lecturer do College on Medical Physics (1988) e do College on Advanced Techniques in Archeometry and Conservation of Works of Art (1994) do International Centre for Theoretical Physics-Trieste, Itália. Atualmente é Diretor do Centro de Informática de Ribeirão Preto e Coordenador do Pólo do Instituto de Estudos Avançados em Ribeirão Preto.

O prof. Baffa tem visitado várias instituições científicas no Brasil e no exterior realizando seminários e intercambio científico. Tem recebido estudantes latino-americanos e de outros países para estágios em seus laboratórios. Participou e organizou vários eventos científicos nacionais e internacionais. Participou de diversos comitês de avaliação do CNPq, CAPES e do Conselho Estadual de Educação. É membro da Sociedade Brasileira de Física, Associação Brasileira de Medicina Física. Atualmente, preside a Comissão de Área de Física Médica criada pela Sociedade Brasileira de Física.
lattes.cnpq.br/1062115267877962