Você está aqui: Página Inicial / NOTÍCIAS / Agenda 2014 prevê discussões sobre temas históricos, institucionais e estratégicos

Agenda 2014 prevê discussões sobre temas históricos, institucionais e estratégicos

por Mauro Bellesa - publicado 18/12/2013 18:40 - última modificação 04/08/2015 10:25

Duas efemérides merecerão atenção especial de historiadores e outros intelectuais brasileiros e estrangeiros em 2014: o centenário do início da Primeira Guerra Mundial e os 50 anos do golpe militar no Brasil. Os dois temas serão tratados pelo IEA: o primeiro em parceria com a Cátedra von Martius de Estudos Alemães e Europeus e o Instituto de Relações Internacionais (IRI) da USP; o segundo por meio de dossiê especial da edição nº 80 da revista "Estudos Avançados", a ser lançada em abril, e debate promovido pela Cátedra Unesco de Educação para a Paz, Direitos Humanos, Democracia e Tolerância.

A análise sobre os impactos desses fatos são essenciais para a compreensão da história brasileira e mundial no século 20, mas não menos importantes são as atividades programadas para a discussão de dilemas da atualidade e perspectivas para as próximas décadas em diversas áreas.

Duas iniciativas tratarão especificamente de aspectos institucionais de USP e do IEA. Uma delas é o programa Governança em Universidade e Cultura de Excelência, proposto pelo ex-reitor da USP e ex-diretor do IEA Jacques Marcovitch.

1ª Reunião do Grupo de Conjuntura Institucional
Reunião em que foi criado o Grupo de
Conjuntura Institucional, em novembro

A outra iniciativa nessa área é a criação do Grupo de Conjuntura Institucional, destinado a debater os aspectos mais relevantes das políticas acadêmicas e de gestão da Universidade e do IEA. Esta iniciativa do Conselho Deliberativo do Instituto foi debatida e aprovada em encontro realizado em dia 19 de novembro, que contou com a participação de integrantes e ex-integrantes da Direção, do Conselho Deliberativo, professores visitantes e dos grupos de pesquisa do Instituto, reunidos para discutir os efeitos da invasão e ocupação pelos estudantes do complexo administrativo onde se encontra o IEA.

Uma série de debates organizada pela Direção do IEA e pelo professor visitante Bernardo Sorj tratará da produção de sentido no atual contexto sociocultural, que transfere para o indivíduo a tomada constante de decisões num ambiente em que ele se confronta com múltiplos valores, muitos dos quais contraditórios.

A questão da competitividade industrial brasileira, tema sensível para o desempenho econômico e o desenvolvimento do país, será debatida em um ciclo a ser formatado em breve. A proposta surgiu no Conselho Deliberativo do Instituto em 2013 e será coordenada pelos conselheiros Roberto Mendonça Faria, do Polo São Carlos do IEA, e Guilherme Ary Plonski, da Escola Politécnica (Poli) e da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP.

Noam Chomsky - conferência no IEA em 1996
Noam Chomsky participou do
10º aniversário do IEA, em 1996

Duas inciativas envolverão parcerias com IEAs de outros países, integrantes da rede University-Based Institute for Advanced Study (Ubias). Com o Instituto de Pesquisa Avançada (IAR, na sigla em inglês) da Universidade de Nagoya, Japão, será iniciado o projeto Academia Intercontinental, que reunirá até 15 jovens pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento e universidades do mundo para se dedicarem a um estudo colaborativo de caráter interdisciplinar, sob a orientação de três cientistas seniores, com workshops em São Paulo e Nagoya em 2015. Com o Institute of Advanced Studies da University of Birmingham, Reino Unido, será empreendido o laboratório Abordagens Interdisciplinares para Desafios Globais: Diálogos Transatlânticos, que reunirá especialistas brasileiros e britânicos em estudos para a identificação de soluções possíveis para os desafios que as cidades e seus moradores enfrentarão nas próximas décadas.

Ainda no âmbito internacional, este resumo da agenda não poderia deixar de destacar as tratativas em andamento para que o renomado linguista e ativista político Noam Chomsky, professor emérito do Massachusetts Institute of Technology (MIT), EUA, faça conferência em abril no IEA. Se confirmada, será a segunda visita de Chomsky. Ele participou em 1996 das comemorações do 10º aniversário do Instituto com duas conferências, uma sobre linguística e outra sobre a aplicação do Consenso de Washington nos países em desenvolvimento, publicada na revista "Estudos Avançados" nº 29.

A seguir estão relacionadas as principais atividades programadas para 2014 pelos grupos de pesquisa, cátedras, professores visitantes e revista "Estudos Avançados".

 

GRUPOS DE PESQUISA

Amazônia em Transformação: História e Perspectivas – Coordenadora: Maritta Koch-Weser

Durante 2014, o grupo continuará a estabelecer contatos com vistas ao desenvolvimento do projeto de criação da Rainforest Continent Business School. A agenda do projeto inclui visitas ao Amapá, a convite do governo do estado, ao BNDES, no Rio de Janeiro, e ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, a convite de Carlos Nobres, secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do ministério. Também terão continuidade as tratativas originadas em encontro promovido pela Fapesp na Carolina do Norte, EUA, além de reuniões do comitê científico e do grupo de trabalho do projeto.

Astrofísica Nuclear Não Convencional – Coordenador: Mahir Saleh Hussein

De 14 a 16 de abril, o grupo promoverá o Workshop on Neutrino and Nuclear Astrophysics, com a participação de membros do grupo e convidados. Pelo grupo, participarão: Pierre Descouvemont (Université Libre de Bruxellas, Bélgica); Carlos A. Bertulani (Texas A&M University-Commerce, EUA); Leandro Gasques (IF-USP); Elcio Abdalla (IF-USP) e Michael Wiescher (University of Notre Dame, EUA); e Ani Aprahamian (University of  Notre Dame, EUA); Os convidados serão: Akif Baha Balantekin (University of Wisconsin-Madison, EUA); Alexis Dias-Torres (Università di Trento, Itália); e Beatriz Barbuy (IAG-USP).

Lógica e Teoria da Ciência – Coordenador: Jair Minoro Abe

O grupo realizará mais uma edição do Workshop on Intelligente Computing Systems, além de continuar com os seminários mensais sobre lógica paraconsistente anotada em biomedicina, automação e robótica no Instituto Oscar Freire, na Faculdade de Medicina da USP..

Qualidade da Democracia – Coordenador: José Álvaro Moisés

Em fevereiro, o grupo receberá Mino Vianello, da Sapienza Università di Roma, Itália, que fará conferência sobre Gênero, Poder e Qualidade da Democracia. No segundo semestre será realizado um seminário internacional, em parceria com a University of North Carolina, EUA, sobre Acesso a Justiça, Segurança Pública e Qualidade da Democracia. Em paralelo a essas atividades, o grupo continuará a organizar eventos sobre temas de pesquisa e livros de alguns de seus participantes e a publicar textos deles no site qualidadedademocracia.com.br. Outra atividade que prosseguirá no site é a série de entrevistas em vídeo A Qualidade da Democracia em Questão, cujos entrevistados até agora previstos para 2014 são Mino Vianello, Francsico Weffort, Fernando Henrique Cardoso, Celso Lafer, Bolívar Lamounier e Simão Schwartzman.

Diálogos Interculturais – Coordenadora: Sylvia Dantas

O grupo pretende realizar um ciclo de conferências sobre Desafios da Multiculturalidade: Realidade e Perspectivas. O objetivo é instaurar diálogos no campo interdisciplinar na busca da interlocução, ampliação e articulação de focos, problematizações e estratégias que permitam uma maior aproximação em relação à complexidade dos fatores decorrentes do contato entre culturas e as dinâmicas do crescente contato intercultural, abordando minorias étnicas na universidade, intercambistas, migrantes, refugiados e descendentes, mobilidade e internacionalização das universidades brasileiras.

Políticas Públicas, Territorialidade e Sociedade – Neli Aparecida de Mello-Théry

O grupo realizará dois seminários internacionais em 2014:

  • Meio Ambiente e Geomática: Estudos Comparados França-Brasil, de 12 a 15 de novembro, em Rennes, França;
  • Mudanças Climáticas, Planejamento Energético e Políticas Públicas, em parceria com o Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (Clacso) em outubro.

 

    Filosofia, História e Sociologia da Ciência e da TecnologiaCoordenador: Pablo Rúben Mariconda

    Durante 2014, o grupo continuará as atividades do Projeto Temático Fapesp Gênese e Significado da Tecnociência: Das Relações entre Ciência, Tecnologia e Sociedade. Já estão previstos quatro seminários:

    • Humanos e Animais: Os Limites da Humanidade, sob a coordenação de Lorenzo Baravalle (UFABC) e Pablo Mariconda (IEA);
    • Mudanças Climáticas, Painéis de Clima e o Modelo Econômico de Crescimento, com seis a oito encontros e coordenação de José Correa Leite (IEA) e Marcos Barbosa de Oliveira (IEA);
    • Manejo Sustentável de Florestas e os Valores Envolvidos nas Relações entre Conhecimento Científico e Conhecimento Tradicional, o Valor da Cooperação e o Sistema Concorrencial, com quatro a seis encontros e coordenação de Ana Tereza Reis da Silva (IEA) e Pablo Mariconda (IEA);
    • Estilo de Pensamento Científico, tendo como coordenadores Valter Alnis Bezerra (IEA) e Otávio Bueno (University of Miami, EUA).

      De 10 de março a 9 de abril, o grupo receberá Helena Jerónimo, da Universidade de Lisboa, Portugal, que fará quatro conferências sobre riscos tecnológicos:

      • Questionando os Conceitos de Risco e Incerteza em Problemas de Base Científico-Tecnológica;
      • A Peritagem Científica: Suas Especificidades no Saber e na Ação;
      • Quando as Incertezas São Reduzidas a Riscos: O Conflito em Redor dos Resíduos Perigosos em Portugal;
      • A Catástrofe Continuada: O Acidente de Fukushima e as Incertezas das Centrais Nucleares.

       

        Meio Ambiente e Sociedade – Coordenador: Pedro Jacobi

        O grupo propôs os seguintes temas de trabalho para 2014:

        • Resíduos Sólidos (em março) – debates sobre a necessidade de contrapor respostas à incineração;
        • Governança da Água e Transparência – apresentação de resultados de pesquisa;
        • Meio Ambiente e as Fronteiras de  Conhecimento – debates interdisciplinares;
        • Meio Ambiente e Ciência Pós-Normal (em maio) – visita de pesquisador da Agencia de Meio Ambiente da Holanda;
        • Mudanças Climáticas – acompanhamento de temas polêmicos na conjuntura sobre política ambiental no Brasil;
        • Inovação na Governança Ambiental – diversos temas que articulam governo, setor produtivo e sociedade;
        • Rodas de Conversa – encontros com autores de livros sobre temas ambientais.

         

          Nutrição e Pobreza – Coordenadora: Ana Lydia Sawaya

          Para 2014, o grupo se dedicará, primeiramente, à inserção de conteúdos em sua área no site do IEA. Outra diretriz é aprofundar as atividades em parcerias com instâncias públicas, em especial com a Prefeitura de São Paulo, cuja primeira-dama Ana Estela Haddad ingressou no grupo. Ana Estela é professora da Faculdade de Odontologia da USP e coordenadora da Política da Primeira Infância da Prefeitura de São Paulo, onde lançou o Programa Cidade Carinhosa, voltado a crianças de 0 a 6 anos.

          Observatório de Inovação e Competitividade – Coordenador Mario Salerno

          As atividades já previstas pelo grupo são a elaboração de nova edição do relatório EngenhariaData e o planejamento e execução do projeto Trajetória, que visa a resgatar e sistematizar informações sobre a trajetória dos engenheiros no mercado de trabalho, desde a formação até as atividades atuais, e a realização de quatro eventos:

          • lançamento do relatório EngenhariaData + novo website;
          • seminário sobre fundos de financiamento públicos e privados para o setor produtivo e de inovação;
          • seminário sobre critérios de avaliação em editais de financiamento;
          • seminário com o novo Pró-Reitor de Pesquisa sobre projeto de gestão.

           

          CÁTEDRAS

          Cátedra Unesco de Educação para a Paz, Direitos Humanos, Democracia e Tolerância — Coordenador: Sérgio Adorno

          Durante o ano, a cátedra realizará, em parceria com o Centro Universitário Maria Antonia da USP, o projeto Cidade de Direitos Humanos, contemplado em edital da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária com verba de R$ 180.000,00. Além disso, a cátedra realizará debates sobre três temas: memória e democracia; 50 anos do golpe militar; e dignidade e intolerância.

          Cátedra Bernardo O’Higgins — Coordenadora: Maria Helena Rolim Capelato

          A cátedra já programou um workshop sobre memória, sociedade e cultura a ser organizado pelo IEA e o Núcleo de Ciencias Sociales da Universidad de la Frontera (Ufro), parceira da USP no convênio da cátedra.

           

          PROFESSORES VISITANTES

          Massimo Canevacci, da Sapienza Università di Roma, Itália, dará continuidade a seu projeto Autorepresentação. Hugh Lacey, professor emérito do Swarthmore College, EUA, trabalhará em março e abril na conclusão do dossiê Tecnociência e o Modelo da Interação entre Ciência e Valores. Bernardo Sorj, por sua vez, prosseguirá no seu projeto de pesquisa O Conflito no Oriente Médio: Alcances e Limites da Política Exterior do Brasil e coordenará, junto com a Direção do Instituto, a série de debates Em Busca do Sentido Perdido: Diálogos Interdisciplinares sobre Ciência e Transcendência.

           

          REVISTA 'ESTUDOS AVANÇADOS'

          Em março, acontecerá o evento de lançamento da edição nº 79, cujo principal dossiê trata do transporte público. Em abril, será lançada a edição nº 80, com dossiê sobre os 50 anos do golpe militar de 1964.

          Fotos: Mauro Bellesa/IEA-USP