Você está aqui: Página Inicial / NOTÍCIAS / Emergências culturais são tema de novo caderno da Cátedra Olavo Setubal

Emergências culturais são tema de novo caderno da Cátedra Olavo Setubal

por Mauro Bellesa - publicado 14/09/2021 13:35 - última modificação 15/09/2021 16:30

Em seminário no dia 30 de setembro, às 14h, a Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência lança o segundo volume da série "Cadernos de Pesquisa", cujo tema é "Emergências Culturais no Brasil e na América Latina".

Capa do Caderno de Pesquisa 2 - Cátedra Olavo SetubalA Cátedra Olavo Setúbal de Arte, Ciência e Cultura lança em webinar no dia 30 de setembro, às 14h, o segundo volume de sua série “Cadernos de Pesquisa”. O tema da edição é “Emergências Culturais Latino-Americanas: Das Histórias aos Acontecimentos no Brasil”. [Haverá transmissão ao vivo pela internet.]

Com o mesmo nome do caderno, o webinar terá exposições dos três autores dos textos: o antropólogo cultural Néstor García Canclini, titular da cátedra, e os pós-doutorandos Sharine Melo e Juan Brizuela. Também participam a diretora do Centro Universitário Maria Antonia da USP,  Lucia Maciel Barbosa de Oliveira (comentarista convidada), a coordenadora do Observatório Itaú Cultural, Luciana Modé, e o coordenador acadêmico da cátedra, Martin Grossmann. Além de falas individuais, também haverá uma conversa entre os seis participantes.

Relacionado

Caderno 1
"A Institucionalização da Cultura e as Mudanças Socioculturais"



Outras notícias
sobre a cátedra

Os textos dão continuidade às reflexões dos autores da pesquisa geral sobre a institucionalidade da cultura e as mudanças socioculturais (projeto de Canclini na cátedra), cujo quadro conceitual e diretrizes foram apresentados no Caderno 1, lançado em 15 de julho.

Na apresentação do novo caderno, Grossmann e Liliana Sousa e Silva, coordenadora executiva da cátedra, destacam que  o volume já anuncia alguns “achados” das pesquisas empreendidas por Canclini, Sharine e Brizuela, “como a existência de conexões entre o processo de elaboração e sanção da Lei Aldir Blanc (14.017/2020) no Brasil e a construção de redes impulsionada pelos Pontos de Cultura, com seus desdobramentos em vários países da América Latina”.

Os três pesquisadores informam na introdução aos textos que suas pesquisas têm se realizado mediante a análise de dados quantitativos, entrevistas e observações de campo e que o caderno apresenta resultados parciais dessa etapa da investigação.

“O tema geral, ou seja, os processos de transformação da cultura e das comunicações contemporâneas, com especial atenção às relações e aos desacordos entre a desinstitucionalização do setor e as trajetórias dos movimentos sociais”, desdobra-se em dois projetos interdependentes.

Néstor Garcia Canclini, Sharine Melo e Juan Brizuela - 2021
Néstor García Canclini (esq.), Sharine Melo e Juan Brizuela, autores dos textos do caderno

Em “A Enérgica e Larga Melodia do Acontecimento”, Sharine trata do movimento social que originou a Lei Aldir Blanc, que dispõe sobre ações emergenciais para o setor cultural a serem adotadas durante o período de calamidade pública provocada pela pandemia de Covid-19. O estudo foi realizado principalmente por meio de entrevistas com ativistas, gestores, artistas e profissionais da cultura que se articularam em rede pela aprovação e implementação da lei, além de conversas com beneficiários do programa.

Brizuela, por sua vez, destaca em “Emergência Cultural no Agreste Baiano” a dimensão territorial dos processos de institucionalização cultural, com especial atenção ao Programa Cultura Viva e aos Pontos de Cultura em municípios do interior da Bahia. A partir de entrevistas com atores locais, o pesquisador aborda questões relacionadas ao território e a disputas sociais e religiosas, além da relação - no âmbito da geopolítica cultural brasileira - entre centros e periferias, interiores e metrópoles.

O caderno se completa com o texto “Os Pontos de Cultura na América Latina”, de autoria dos três pesquisadores. Segundo eles, as pesquisas e considerações registradas no volume “apontam para processos de sedimentação transnacional de instituições, ao mesmo tempo frágeis e potentes, voltadas a organizações comunitárias e à busca por direitos culturais e cidadania”.


Lançamento do Caderno de Pesquisa 2 - Emergências Culturais Latino-Americanas: Das Histórias aos Acontecimentos no Brasil
30 de setembro, 14h
Evento online público e gratuito com transmissão ao vivo pela internet

Fotos: arquivos pessoais dos retratados