Você está aqui: Página Inicial / NOTÍCIAS / Desafios na aproximação da indústria, governos e academia

Desafios na aproximação da indústria, governos e academia

por Sylvia Miguel - publicado 11/04/2017 10:30 - última modificação 17/04/2017 17:28

Encontro reunirá cientistas e gestores públicos para apontar caminhos para a cooperação científica
Ciência e tecnologia

Monitoramento da procedência da água de lastro, no Paraná, previne poluição hídrica produzida por navios

Desenvolvimento econômico, estratégias de fomento e as relações entre indústria, governo e academia serão temas de mais um encontro da série Strategic Workshops, organizada pela Pró-Reitoria de Pesquisa (PRP) da USP e o Instituto de Estudos Avançados, com apoio da Academia de Ciências do Estado de São Paulo (ACIESP).

Marcado para o dia 19 de junho, das 8h30 às 17h30, na antiga sala do Conselho Universitário, os debates sobre Ciência & Indústria – Construindo Novos Caminhos em Tempos Desafiadores terão a presença de renomados cientistas, políticos e gestores públicos, entre eles, o ex-reitor e professor Emérito da USP, José Goldemberg, o senador Cristovam Buarque (PPS-DF), atual presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Inovação do Senado, a cientista Helena Nader, presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), entre outros (veja programação abaixo).

Estimular a cooperação entre a academia e a indústria e explorar lacunas para que o potencial do conhecimento científico se transforme em desenvolvimento para o país são os objetivos dos debates. “Pretendemos buscar rumos mais eficientes para o progresso das atividades de pesquisa, inovação e tecnologia, além de esclarecer dúvidas e apontar caminhos para a aproximação recíproca entre a academia e a indústria”, afirma o professor Antônio Saraiva, um dos coordenadores do encontro.

Nomes ligados à inovação e tecnologia farão a moderação dos debates, entre eles o professor Glaucius Oliva, do Instituto de Física da USP de São Carlos (IFSC-USP), e o professor Vanderlei Salvador Bagnato, coordenador da Agência USP de Inovação (AUSPIN).

Autoridades do governo do estado de São Paulo, possivelmente o vice-governador Márcio França, além de representantes e autoridades da USP, participam da abertura com o tema “Interação Ciência & Indústria: a visão do Governo do Estado de São Paulo e da USP”.

Diversos setores industriais têm voltado o olhar para a comunidade acadêmica, por meio da proposição de projetos e a oferta de recursos para a pesquisa de alto nível científico. Além desse estímulo, o Estado brasileiro investe montantes consideráveis em pesquisa, desenvolvimento e inovação por meio de suas agências estaduais, sendo que a de maior destaque é a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). O estado de São Paulo, inclusive, dispõe de mecanismos complementares de estímulo à cooperação, como o novo Plano Diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação em São Paulo, em fase final de elaboração.

Mas ainda é controversa a participação e o engajamento de muitos pesquisadores para que os resultados de suas atividades de pesquisa básica e aplicada cheguem aos setores produtivos e assim gerem riqueza para o país. No âmbito da USP, por exemplo, o diálogo sobre o tema ainda carece de maior agilidade, eficácia e aprofundamento nas diversas unidades de ensino, pesquisa e extensão universitária, observa o professor Antônio Saraiva.

A coordenação é dos professores Tito Bonagamba (IFSC-USP), Guilherme Ary Plonsky, vice-diretor do IEA, e Antônio Saraiva, da Escola Politécnica (Poli) da USP. Bonagamba  e Plonsky organizam o encontro, ao lado do professor Hamilton Varela (PRP-USP).

O workshop, gratuito, aberto ao público e com inscrição via formulário, terá transmissão ao vivo online.

Imagem: André Kasczeszen/ Agência Paraná

 

Programação preliminar

8h30

Abertura

“Interação Ciência & Indústria: a visão do Governo do Estado de São Paulo e da USP”

Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação

(Vice-Governador Márcio França ou Subsecretária de Ciência, Tecnologia e Inovação) e Autoridades USP (Reitor/Vice-Reitor, Pró-Reitor de Pesquisa, Diretor do IEA, Pres. da ACIESP)

9h

Primeira Sessão

“Interação Ciência & Indústria como Fator Estratégico de Desenvolvimento: o papel das Agências de Fomento”

José Goldemberg (FAPESP)

Mário Neto Borges (CNPq)

Jorge Almeida Guimarães (EMBRAPii)

Marcos Cintra Cavalcanti de Albuquerque (FINEP)

Moderador: Glaucius Oliva (USP)

11h

Segunda Sessão

“Interação Ciência & Indústria: Quebrando Barreiras Conceituais e Regulatórias”

Luiz Davidovich (ABC)

Helena Nader (SBPC)

Cristovam Buarque (Presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Inovação do Senado)

Álvaro Toubes Prata (Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTIC)

Moderador: Marcos Silveira Buckeridge (ACIESP)

13h

Intervalo

14h

Terceira Sessão

“Interação Ciência & Indústria: Como Estimular a Demanda da Indústria por Ciência”

Anpei, FIESP, IBM, Petrobras, Vale

Moderador: Vanderlei S. Bagnato (AUSPIN)

16h

Quarta Sessão

Encerramento & Discussão geral: “Rompendo barreiras e traçando perspectivas”

Moderadores: Guilherme Ary Plonski (USP) e Tito José Bonagamba (USP)

 



Ciência & Indústria – Construindo Novos Caminhos em Tempos Desafiadores
19 de junho, das 8h30 às 17h30
Antiga sala do Conselho Universitário - Rua da Praça do Relógio, 109, térreo, Cidade Universitária, São Paulo
Evento público, gratuito e com transmissão ao vivo pela internet
Link do evento