Você está aqui: Página Inicial / NOTÍCIAS / Ellen Gracie e Sedi Hirano são os novos conselheiros do Instituto

Ellen Gracie e Sedi Hirano são os novos conselheiros do Instituto

A jurista Ellen Gracie, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, e o sociólogo Sedi Hirano, da FFLCH, são os novos integrantes do Conselho Deliberativo do IEA.

No início de junho, o reitor João Grandino Rodas nomeou dois novos conselheiros do Instituto, a jurista Ellen Gracie Northfleet, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, e o sociólogo Sedi Hirano, ex-pró-reitor de Cultura e Extensão Universitária. Ellen Gracie foi escolhida para a vaga destinada a representante da comunidade externa à USP, sucedendo ao também jurista José Roberto Nalini. Sedi Hirano foi nomeado em vaga aberta com o final do mandato do professor Silvio R. A. Salinas, do Instituto de Física da USP.

Ellen GracieEllen Gracie graduou-se em direito e especializou-se em antropologia social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Foi bolsista da Fundação Fulbright na School of Public Affairs da American University, em Washington, e jurista em residência na Law Library of Congress, nos EUA. Lecionou na UFRGS e na Universidade do Vale do Rio dos Sinos, RS. Foi procuradora da República de 1973 a 1989. Em 1989, foi nomeada para o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, do qual foi presidente de 1997 a 1999. Em novembro de 2000, foi nomeada pelo presidente Fernando Henrique Cardoso ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), tornando-se a primeira mulher a integrar a Corte Suprema do Brasil. Em 2004, foi eleita vice-presidente do STF, sendo eleita presidente do tribunal em 2006, para um mandato de dois anos. Aposentou-se como ministra do STF em 2011.

Sedi HiranoSedi Hirano graduou-se em ciências sociais pela USP, onde se tornou mestre e doutor em sociologia. Foi pró-reitor de Cultura e Extensão Universitária da USP, diretor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), da qual é professor emérito, e integrou o Conselho Superior da Fapesp. Foi professor visitante do Departamento de Estudos Brasileiros da Universidade de Tenri, Japão, e proferiu conferências em diversas universidades da América Latina, Europa, Japão e Estados Unidos. Atualmente é coordenador executivo do Programa de Bolsas de Intercâmbio para Alunos de Graduação da USP, membro do Conselho Universitário da Unicamp e membro do Conselho da Editora da USP. Suas pesquisas voltam-se sobretudo para a sociologia do desenvolvimento, com ênfase nos temas América Latina, Leste Asiático, desigualdade, pobreza, trabalho e violência.


Fotos: Felipe Sampaio/SCO/STF e Fapesp