Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 'Envelhecimento e Subjetividade' é o tema da 8ª mesa sobre idosos no Brasil

'Envelhecimento e Subjetividade' é o tema da 8ª mesa sobre idosos no Brasil

por Sandra Codo - publicado 15/09/2011 00:00 - última modificação 01/04/2013 16:56

A abordagem psicanalítica das questões relativas ao envelhecimento será o enfoque da mesa-redonda "Envelhecimento e Subjetividade", no dia 30 de setembro, às 14h, no IEA. Será a 8ª mesa-redonda do ciclo "Idosos no Brasil: Estado da Arte e Desafios", iniciado em outubro de 2010.

idosobanco.jpg

A abordagem psicanalítica das questões relativas ao envelhecimento será o enfoque da mesa-redonda "Envelhecimento e Subjetividade", no dia 30 de setembro, às 14h, no IEA. Será a 8ª mesa-redonda do ciclo "Idosos no Brasil: Estado da Arte e Desafios", iniciado em outubro de 2010. As expositoras serão as psicanalistas Délia Catullo Goldfarb, Maria Júlia Kovács e Miriam Schenkman Chnaiderman.

Délia Catullo Goldfarb é psicanalista com especialização em gerontologia. Fez mestrado em psicologia clínica na PUC-SP e doutorado em psicologia escolar e do desenvolvimento humano no Instituto de Psicologia (IP) da USP. É professora e coordenadora do curso de psicogerontologia da PUC-SP. Seus principais temas de pesquisa são Alzheimer, depressão, cuidadores, demências, acompanhamento terapêutico com idosos, psicanálise e envelhecimento.

Maria Júlia Kovács é professora do IP-USP, onde obteve o doutorado em psicologia escolar e do desenvolvimento humano e coordena o Laboratório de Estudos sobre a Morte. O tema de sua tese de livre-docência foi "Educação para a Morte: Desafio na Formação de Profissionais de Saúde e Educação". Suas pesquisas tratam de morte, luto, bioética, formação de profissionais de saúde e educação.

Miriam Schenkman Chnaiderman fez mestrado em comunicação e semiótica na PUC-SP e doutorado em artes na USP. Dirigiu os curtas-metragens documentais "Dizem que Sou Louco" (1994), "Artesãos da Morte" (2001), "Gilete Azul" (2003), "Isso, Aquilo e Aquilo Outro" (2004), "Você Faz a Diferença" (2005) e "Passeios no Recanto Silvestre" (2006). Publicou dois livros sobre as relações entre arte e psicanálise: "O Hiato Convexo: Literatura e Psicanálise" (1989) e "Ensaios de Psicanálise e Semiótica" (1989).

O ciclo é uma realização do IEA, Grupo Mais do Hospital Premier e Oboré Projetos Especiais de Comunicação e Artes. A coordenação é de David Braga Jr., do Grupo Mais.

Foto: Mathieu Struck

registrado em: , ,