Você está aqui: Página Inicial / NOTÍCIAS / O Programa Mais Médicos em foco

O Programa Mais Médicos em foco

por Flávia Dourado - publicado 30/08/2013 11:05 - última modificação 01/02/2016 10:13

Criado pelo governo federal para melhorar o atendimento do SUS, o programa será debatido no encontro que o IEA realiza no dia 4 de setembro, às 10 horas.

Relacionado

    Lançado pelo governo federal em julho com o objetivo de melhorar o atendimento do SUS, o Programa Mais Médicos vem dividindo opiniões. O principal motivo da controvérsia é a importação de médicos para ocupar parte das 10 mil vagas criadas em regiões do país onde há carência de profissionais, caso do Norte e do Nordeste, das periferias de grandes cidades e de municípios do interior brasileiro. Os críticos se queixam da dispensa da Revalida (exame nacional de revalidação de diplomas estrangeiros) para os candidatos e argumentam que o problema da saúde pública no Brasil não é a quantidade de médicos, mas a deficiência da infraestrutura.

    Para ampliar e aprofundar as discussões sobre o Programa, no dia 4 de setembro, às 10 horas, o Laboratório Sociedades Contemporâneas do IEA e a Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) promovem o debate Mais Médicos, que acontece na Sala de Eventos do Instituto. No encontro, o tema será abordado a partir de três grandes questões: 1) O Brasil precisa de mais médicos? 2) Por que os médicos não vão para o interior e para as periferias? e 3) Para suprir uma emergência, vale a pena contratar médicos estrangeiros?

    Participam do debate Adib Jatene, diretor Geral do Hospital do Coração (HCOR), ex-diretor e professor aposentado da FMUSP, ex-ministro da saúde e ex-secretário da saúde do Estado de São Paulo; Cláudia Collucci, repórter especial e colunista da Folha, especializada na área da saúde; Fernando de Castro Reinach, sócio da Fundo Pitanga e ex-professor da USP; Mário César Scheffer, professor do Departamento de Medicina Preventiva da FMUSP e integrante do Conselho Consultivo do Centro Brasileiro de Estudos da Saúde; e Paulo Hilário Saldiva, professor do Departamento de Patologia da FMUSP.

    Coordenado e mediado por Milton de Arruda Martins, professor do Departamento de Clínica Médica da FMUSP, o encontro também tratará da possibilidade de criação de um novo grupo de estudos no IEA e da realização de um ciclo de debates, ambos voltados para a análise da saúde no Brasil.

    O debate será transmitido pela web em www.iea.usp.br/aovivo. Para assistir ao debate na Sala de Eventos é preciso se inscrever por meio de mensagem enviada a clauregi@usp.br. A Sala de Eventos do IEA fica na rua Praça do Relógio, 109, bloco K, 5º andar, Cidade Universitária, São Paulo (localização).