Você está aqui: Página Inicial / NOTÍCIAS / Experiência de Justo Werlang será apresentada na Pinacoteca

Experiência de Justo Werlang será apresentada na Pinacoteca

Evento integra a programação do Ciclo "Cultura, Institucionalidade e Gestão", da Cátedra Olavo Setubal e acontece na Pinacoteca
Pinacoteca do Estado de São Paulo
Pina será o local do quinto encontro de gestores

A Pinacoteca receberá, no dia 20 de outubro, às 14h30, o quinto evento sobre dirigentes culturais, que integra o ciclo "Cultura, Institucionalidade e Gestão" da Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência. Neste encontro, o convidados é Justo Werlang, gestor da Fundação Iberê Camargo. Com moderação de Ricardo Ohtake, diretor do Instituto Tomie Ohtake, o evento terá transmissão ao vivo pela web. Para participar presencialmente, é necessário realizar inscrição prévia.

Justo Werlang é o atual diretor-presidente da Fundação Iberê Camargo, instituto do qual também participou da criação e onde foi, em sua fase de implantação, vice-presidente e membro do Conselho de Curadores. Um dos criadores da Bienal do Mercosul, Werlang é membro vitalício e vice-presidente do Conselho de Administração da Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul.

No dia 24, às 14h30, inicia-se uma nova fase do ciclo, com a primeira conferência sobre exposições que marcaram a cena cultural brasileira. O crítico e curador Agnaldo Farias falará de Bienais e da mostra "Do Figurativismo ao Abstracionismo", realizada em 1949 no MAM-SP, com curadoria de Leon Deagand. Este encontro será no IEA, com transmissão ao vivo e inscrição prévia.

Ciclo

O evento integra a programação do Ciclo "Cultura, Institucionalidade e Gestão", realizado pela Cátedra. Dividido em quatro etapas, o ciclo pretende fornecer um panorama crítico, atual e histórico da formação de uma estrutura cultural na cidade de São Paulo, pelo ponto de vista da gestão cultural em instituições. Os eventos terão como foco:

Relacionado

Todas as notícias da Cátedra

Programação do Ciclo

1) As relações entre arte, cultura e política;

2) O perfil de instituições culturais que fazem diferença na estrutura cultural de uma cidade como São Paulo;

3) A contribuição de certos gestores culturais na consolidação de um campo cultural no Brasil e em São Paulo;

4) O papel das exposições na representação cultural de um Brasil contemporâneo.

“A programação pretende oferecer um amplo e crítico panorama da situação da cultura no Brasil pelo viés da gestão cultural em instituições e organismos de representação cultural”, explica Martin Grossmann, coordenador acadêmico da Cátedra. Segundo ele, isso será feito por meio de uma dinâmica discursiva e reflexiva em interação direta com importantes equipamentos culturais da cidade e seus principais agentes.

A Cátedra Olavo Setúbal é resultado de uma pareceria entre o Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP e o Itaú Cultural. Foi iniciada em 2016 e este ano tem como titular o arquiteto Ricardo Ohtake, presidente do Instituto Tomie Ohtake.


Dirigentes Culturais V: Dos Anos 50 à Atualidade
20 de outubro, às 14h30
Pinacoteca do Estado de São Paulo, Praça da Luz, 2, Santa Ifigênia, São Paulo
Evento gratuito, com transmissão ao vivo pela internet
Inscrição via formulário
Mais informações: Sandra Sedini (sedini@usp.br), telefone: (11) 3091-1678
Página do evento

Foto: Reprodução / Pinacoteca do Estado de São Paulo