Você está aqui: Página Inicial / NOTÍCIAS / Silviano Santiago fala de "Machado" e impasses da literatura contemporânea

Silviano Santiago fala de "Machado" e impasses da literatura contemporânea

Evento acontecerá no dia 24 de outubro, às 9h30. Santiago falará sobre o novo gênero literário que afirma estar surgindo no século 21, o “romance de sobrevida”
Silviano Santiago
Silviano Santiago

Um dos mais importantes escritores e intelectuais brasileiros da atualidade, Silviano Santiago discutirá no IEA o seu mais recente romance, “Machado” (Companhia das Letras), e os impasses da literatura contemporânea. O encontro Machado de Assis - Aproximações acontece no dia 24, às 9h30, com transmissão ao vivo pela web e inscrição prévia para participação presencial. A organização é de Dária Jaremtchuk, professora de História das Artes na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) e da pós-graduação da ECA-USP. Ela integrou a primeira turma do Programa Ano Sabático do IEA em 2016.

Neste encontro, Santiago falará sobre o novo gênero literário que, em entrevistas recentes, afirma estar surgindo no século 21, o “romance de sobrevida” -- que se contrapõe ao “romance de formação” do século 18, gênero do qual faz parte não só “Machado”, mas também seu romance anterior, “Mil Rosas Roubadas”.

Em “Machado”, Santiago mistura ficção, ensaio, biografia e autobiografia para discutir os derradeiros anos do criador de “Dom Casmurro”, momento em que fica viúvo, sofre com dores e crises nervosas e escreve seu último romance, “Memorial de Aires”.

Silviano Santiago

Santiago tem 81 anos e é natural de Formiga, Minas Gerais. Finalista do prêmio Jabuti deste ano, na categoria Romance, já foi distinguido com o prêmio três vezes: 1993, na categoria Romance, com "Uma História de Família", 1997, categoria Contos, com "Keith Jarret no Blue Note", e em 2006 , com a obra "Histórias Mal Contadas ", na categoria Contos e Crônicas. Também recebeu, em 2013, pelo conjunto da sua produção literária, o prêmio Machado de Assis da Academia Brasileira de Letras (ABL) e, em 2015,o Prêmio Oceanos de Literatura em Língua Portuguesa.

Doutor em letras pela Universidade de Paris, Santiago começou a carreira lecionando em universidades norte-americanas. Também lecionou na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e é, hoje, professor emérito da Universidade Federal Fluminense (UFF).


Machado de Assis - Aproximações

24 de outubro, às 9h30
Sala de Eventos do IEA, Rua Praça do Relógio, 109, bloco K, 5º andar, Cidade Universitária, São Paulo
Evento gratuito, com transmissão ao vivo pela internet
Inscrições via formulário
Mais informações: Cláudia R. Pereira (clauregi@usp.br), telefone: (11) 3091-1686
Página do evento

Foto: Ana Paula Oliveira Migliari / Flickr