Você está aqui: Página Inicial / NOTÍCIAS / Um festival de divulgação científica sem fronteiras

Um festival de divulgação científica sem fronteiras

por Thais Cardoso - publicado 15/02/2017 15:25 - última modificação 06/03/2017 16:38

Os cientistas vão invadir bares e restaurantes de 22 cidades brasileiras, conectados a um dos maiores eventos de divulgação científica do mundo

Divulgar a ciência para o público em geral é o fio condutor de uma iniciativa que vai unir Brasil, Alemanha, Austrália, Áustria, Canadá, Espanha, França, Irlanda, Itália e Reino Unido. Mais de cem cidades espalhadas por esses países realizarão simultaneamente, nos dias 15, 16 e 17 de maio, um dos maiores festivais de divulgação científica do mundo: o Pint of Science.

Em Ribeirão Preto, a coordenação das atividades está sendo feita por representantes do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto da USP e de dois Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) mantidos pela Fapesp: Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias (CRID) e Centro de Terapia Celular (CTC). O IEA Polo Ribeirão também é o responsável nacional pelas mídias digitais.

O evento pode ser comparado a um grande festival de música, em que os artistas se apresentam simultaneamente em vários palcos a cada noite. Só que, nesse caso, em vez de artistas, há pesquisadores conversando com o público e esclarecendo dúvidas em restaurantes, cafés e bares. No lugar da música, a melodia que será ouvida nesses palcos está relacionada a biologia, computação, engenharia, estatística, filosofia, física, história, matemática, química, sociologia e muito mais.

“A ciência brasileira enfrenta uma de suas maiores crises de financiamento e credibilidade. Por isso, divulgá-la nunca foi tão importante e tão urgente quanto agora. Nosso objetivo é mostrar que, sem ciência, tecnologia e inovação, não existe desenvolvimento”, explica a coordenadora nacional da iniciativa, Natalia Pasternak, que é doutora em genética molecular pelo Instituto de Ciências Biomédicas da USP.

Este ano, o festival alcançará 22 cidades em todo o Brasil. Em São Paulo, serão dez municípios: Araraquara, Botucatu, Campinas, Piracicaba, Ribeirão Preto, Santos, São Caetano do Sul, São Paulo, São Carlos e Sorocaba. Além deles, outros 12 em diferentes Estados participarão do festival: Belo Horizonte (MG), Blumenau (SC), Brasília (DF), Curitiba (PR), Dourados (MS), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e Teresina (PI).

O evento é gratuito no Brasil e as pessoas só pagarão o que consumirem nos locais em que acontecerão os bate-papos científicos. A programação completa dos bate-papos estará disponível no site do evento a partir do dia 27 de março.

(Com informações da Assessoria de Comunicação do Pint of Science Brasil)