Edital de Bolsa Pós-Doc 2020

A Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência selecionará um pesquisador para atuar em seus projetos e atividades no âmbito do Programa de Pós-Doutorado da USP.

Home 3 - Néstor García Canclini A bolsa de pós-doutorado terá duração de 12 meses, com início a partir de setembro de 2020. Os interessados devem enviar proposta de plano de trabalho alinhado ao programa coordenado por Néstor García Canclini, catedrático no período de 2020 e 2021. A supervisão do pós-doutorado será de Martin Grossmann, coordenador acadêmico da Cátedra.

Inscreva-se aqui (inscrição encerrada).

Comissão de Avaliação

A Comissão de Avaliação, responsável pela análise dos projetos, é constituída por Dária Gorete Jaremtchuk (EACH e IEA - USP), Érica Peçanha do Nascimento (IEA-USP), Liliana Sousa e Silva (IEA-USP), Lúcia Maciel Barbosa de Oliveira (ECA e IEA - USP), Maria Helena Pereira Toledo Machado (FFLCH e IEA - USP), Martin Grossmann (ECA e IEA - USP), Marcos Cuzziol (Itaú Cultural) e Vitor Souza Lima Blotta (ECA e IEA - USP).

Resultado parcial

Confira a lista de candidatos selecionados para a entrevista.

Resultado final

Confira o resultado final da seleção.

Cronograma

  • Inscrição: das 10h de 01/07/2020 até às 18h de 20/07/2020
  • Resultado da 1ª etapa: 03/08/2020
  • Entrevista: 04 a 17/08/2020
  • Resultado: 20/08/2020


Documentos para a seleção

  • Súmula curricular
  • Plano de trabalho
  • Carta de apresentação
  • Exemplo de produção acadêmica (artigo, dissertação, tese etc.)


Atenção

Para a fase de seleção, somente os documentos acima devem ser providenciados. Veja aqui como preparar o plano de trabalho e a súmula curricular.

Para mais detalhes sobre a seleção, acesse o edital na íntegra. Para o esclarecimento de dúvidas e mais informações, os interessados devem enviar mensagem para catedraarteculturausp@usp.br.

Sobre a Cátedra

A Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência é fruto do esforço do IEA de inserir na Universidade um novo e mais profundo olhar para a arte e a cultura.

Criada em 2015 e lançada oficialmente em fevereiro de 2016, teve como titulares Sérgio Paulo Rouanet, diplomata, ensaísta e ex-secretário nacional de Cultura; Ricardo Ohtake, arquiteto e presidente do Instituto Tomie Ohtake; Eliana Sousa Silva, ativista social e diretora-fundadora da Redes da Maré; Helena Nader, professora, pesquisadora e dirigente de entidades científicas; e Paulo Herkenhoff, curador e dirigente cultural. O coordenador acadêmico é Martin Grossmann, ex-diretor do IEA e professor da Escola de Comunicação e Artes (ECA) da USP.

Saiba mais sobre a cátedra.