Gestão Rouanet

por Fernanda Rezende - publicado 27/03/2017 17:55 - última modificação 28/03/2017 10:49

De maio de 2016 a março de 2017, Sergio Paulo Rouanet coordenou e ministrou diversas conferências. Transitando por temas como a modernidade, estética, valor de uma obra de arte, fronteiras do conhecimento, cinema, psicanálise e literatura, Rouanet deixou um rico legado acadêmico em sua temporada como titular da Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência.

2017

16 de março

Mesa-redonda sobre Machado de Assis

A mesa-redonda, que marcou o encerramento da temporada Rouanet como primeiro titular da Cátedra, analisou a obra e a vida de Machado de Assis a partir de duas perspectivas: a forma shandiana, conceito construído por Rouanet em 2007, e a correspondência trocada por Machado ao longo de sua vida e reunida em cinco volumes coordenados por Rouanet.

Vídeo | Fotos | Notícia

2016

12 de setembro

Cinema e Psicanálise

O encontro abordou as convergências, divergências e intersecções entre o cinema e a psicanálise, ambos com marco inicial no mesmo ano de 1895 e suas relações nem sempre cordiais, por vezes idealizadas.

Vídeo | Fotos | Notícia

17 de agosto

A Ciência e suas Fronteiras

Rouanet examinou as diversas tentativas feitas para superar as fronteiras internas dentro do campo das ciências; as fronteiras da ciência com a religião, a moral e apolítica; e o impacto das fronteiras nacionais e culturais sobre a ciência.

Vídeo | Fotos | Notícia

15 de agosto


A conferência partiu de uma reflexão sobre a teoria kantiana da arte (formulada na Crítica do Juízo), entendida como o elo mediador entre a crítica da razão pura e a crítica da razão prática, desembocando na teoria de Walter Benjamin sobre a perda e recuperação da aura na era da reprodutibilidade técnica.

15 de agosto

Arte, Artista, Universidade

Professores e artistas reunidos em uma mesa-redonda lançaram perguntas que visam contextualizar e problematizar o lugar e o papel da arte na universidade na contemporaneidade.

Vídeo | Fotos | Notícia

17 de maio

A Modernidade e suas Ambivalências

No encontro, discutiu-se a modernidade e sua influência nas esferas econômica, política e cultural à luz de Max Weber, Jürgen Habermas e Manuel Castells.

Vídeo | Fotos | Notícia