Você está aqui: Página Inicial / PESQUISA / Cátedras e Convênios / Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência / Projeto Democracia, Artes e Saberes Plurais

Projeto Democracia, Artes e Saberes Plurais

por Fernanda Rezende - publicado 12/02/2019 13:40 - última modificação 12/02/2019 13:51

Durante o período de titularidade de Eliana Sousa Silva, a Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência realiza o projeto Democracia, Artes e Saberes Plurais, com ações em três frentes:

Centralidades Periféricas

Série de diálogos entre integrantes do mundo universitário – docentes, técnicos e estudantes – e artistas, intelectuais e ativistas das periferias brasileiras. O propósito é estimular diálogos e interações que contribuam para aproximar a universidade e as periferias, de modo que se reconheçam as produções destas e se ampliem os meios para maior representatividade de suas pessoas e experiências na USP.

Conexões com as Periferias

Criação de uma plataforma digital para maior aproximação da USP com as áreas periféricas ao campus da capital (Butantã e Ermelino Matarazzo). A iniciativa parte do reconhecimento do papel fundamental que a Universidade tem na construção de sociedades menos desiguais e violentas, a partir do seu engajamento com as demandas reais da população. Nesse sentido, serão identificadas as pesquisas e as ações de extensão da USP que tenham como foco as periferias. A plataforma também receberá sugestões de estudos sobre/com as periferias e de formas de ampliar a democratização do acesso e a permanência de grupos sociais populares na Universidade.

Pontes e Vivências de Saberes

Produção de diagnóstico sociocultural e econômico nas comunidades vizinhas ao Campus Capital (Butantã e USP Leste), com ênfase para o perfil geral das populações que ali residem, incluindo-se suas demandas, características e formas de relacionamento histórico com a USP. O objetivo é produzir dados que subsidiem a identificação de demandas sociais, bem como incentivar à formulação de propostas a serem apresentadas ao poder público e a instituições privadas.