Boletim Covid-19: Políticas Públicas e as Respostas da Sociedade

Boletim nº 1: Apresentação da rede de pesquisadores

Boletim nº 2: A vulnerabilidade dos trabalhadores brasileiros na pandemia da Covid-19

Boletim nº 3: Na crise, homens negros e mulheres negras são os mais vulneráveis

Boletim nº 4: Falta de coordenação entre o governo federal e estados enfraquece a política de distanciamento social. A flexibilização sem critérios pode agravar a pandemia (English version: Lack of coordination between de federal government and states undetermines social distancing policies. Increased and unregulated relaxation could aggravate the pandemic)

Boletim nº 5: Dificuldades com aplicativo e não uso da rede de proteção atual limitam acesso ao auxílio de emergência (English version: Difficulties with the mobile application and failure to use the existing safety net hinder access to emergency income)

Boletim nº 6: Investimento inexpressivo e falta de estratégia brasileira para pesquisa e inovação vão dificultar a saída da crise (English version: Subpar investments and lack of strategy for research and innovation will hinder Brazil's way out of the crisis')

Boletim n° 7: Fome, desemprego, desinformação e sofrimento psicológico estimulam a violência e a desesperança em comunidades vulneráveis de seis regiões metropolitanas brasileiras (English version: Hunger, unemployment, disinformation and psychological suffering advance violence and hopelessness in vulnerable communities in six Brazilian metropolitan regions)

Boletim nº 8: Auxílio de R$ 600 precisa continuar e pode ser financiado por contribuição emergencial sobre altas rendas (English version: Emergency benefit providing R$600 needs to continue and could be funded by emergency contribution on high incomes)

Boletim nº 9: Leitos de UTI Covid-19: lacunas, inconsistência e disparidades marcam os dados apresentados pelo governo federal e pelos estados, com prejuízo para a população e para avaliação das medidas de combate à pandemia (English version: Covid-19 ICU beds: shortcomings, inconsistencies, and disparities in the data from the federal government and states impair the population and the assessment of measures against the pandemic)


Rede de Políticas Públicas & Sociedade

Coordenação científica: Lorena Barberia (USP)

Comitê de coordenação: Glauco Arbix (USP), João Paulo Veiga (USP), Graziela Castello (Cebrap), Fabio Senne (Nic.br), José Eduardo Krieger (InCor-FMUSP), Rogério Barbosa (CEM, USP) e Ian Prates (Cebrap e Social Accountability International)

Responsáveis pelo boletim semanal: Glauco Arbix, João Paulo Veiga e Lorena Barberia

Contato: rededepoliticaspublicas@gmail.com