Você está aqui: Página Inicial / EVENTOS / Apresentação do Pré-Estudo de Viabilidade para o Instituto de Tecnologia da Amazônia para a Bacia Amazônica

Apresentação do Pré-Estudo de Viabilidade para o Instituto de Tecnologia da Amazônia para a Bacia Amazônica

por Sandra Sedini - publicado 15/06/2022 14:40 - última modificação 25/07/2022 13:54

Detalhes do evento

Quando

de 13/07/2022 - 09:30
a 13/07/2022 - 12:30

Onde

On-line

Nome do Contato

Adicionar evento ao calendário

Clique aqui para a versão em inglês

Sumários Executivos:

PORTUGUESE | ENGLISH | SPANISH

O rio Amazonas como artéria de conhecimento

A Pan-Amazônia possui hoje uma população estimada de 50 milhões de pessoas, resultado de um crescimento de três vezes nos últimos 40 anos. Apesar da abundância inigualável de recursos naturais, que vem se formando há mais de 40 milhões de anos, os povos que vivem na Amazônia têm ainda condições precárias de vida.

Até o momento, as leis ambientais e esforços de conservação nacionais e internacionais não conseguiram reverter o desmatamento e a degradação florestal na Amazônia. O desafio para um futuro sustentável da Amazônia está no empoderamento social, com a manutenção das florestas e dos rios, com a restauração e o uso racional de áreas desmatadas e degradadas, para conceber novas estratégias de inclusão social, uma nova bioeconomia, educação, saúde, ciência, tecnologia, treinamento de pessoal e geração de renda.

A visão revolucionária e sem precedentes que o necessário Instituto de Tecnologia da Amazônia (AmIT) propões é urgente e necessária. A missão do AmIT é contribuir com o desenvolvimento socioeconômico e melhoria da qualidade de vida da população amazônica, em sinergia com a conservação e valoração da floresta e dos rios, por meio da transformação do conhecimento científico e tradicional em inovação tecnológica a serviço da Amazônia e do mundo.

Suas operações serão efetuadas por meio de um sistema único e sem precedentes na Amazônia: o rio Amazonas e seus afluentes num contexto de acessibilidade, mobilidade, flexibilidade e conectividade. Funcionará em constante troca de saberes locais e soluções tecnológicas inovadoras para os principais problemas que a sociedade amazônica enfrenta.

Os propósitos fundamentais serão o fortalecimento das cadeias de valor em cada microrregião, a conservação da floresta e dos rios, a inclusão social e a qualidade de vida, elementos chave para a construção de uma inovadora bioeconomia de saudáveis florestas em pé e rios fluindo.

Para tanto, contempla a criação de cinco Centros de Desenvolvimento e Estudo dedicados às questões prioritárias para a Amazônia, particularmente negligenciadas, por meio de uma perspectiva inovadora e integradora, diferenciando-se assim das instituições tradicionais de pesquisa, e que deverão trabalhar em conjunto e transversalmente com os 9 componentes do AmIT, incluindo suas prioridades.

Será uma instituição público-privada de alcance Pan-Amazônico que incluirá representantes dos governos, instituições intergovernamentais, universidades, institutos de pesquisas, empresas, outras organizações do setor privado e a sociedade civil que conformarão o Conselho Orientador do AmIT.

Transmissão:

Acompanhe a transmissão do evento em www.iea.usp.br/aovivo

Inscrições

Evento público e gratuito | Sem inscrição

Evento on-line | Não haverá certificação

Programação

9h30

Abertura

Paulo Nussenzveig (pró-reitor de Pesquisa e Inovação da USP), Guilherme Ary Plonski (diretor do IEA), Renata Piazzon (Fundação Arapyaú)

9h45

Contexto do projeto: Amazônia Terceira Via/Amazônia 4.0
Carlos Nobre (IEA/USP) e Maritta Koch-Weser (IEA/USP)

10h

Apresentação do Pré-Estudo de Viabilidade AmIT
Adalberto Luis Val (INPA)

11h

Discussão e debate com atores-chaves

11h45

Comentários abertos ao público

12h

Encerramento