Você está aqui: Página Inicial / EVENTOS / Democracies and Democratic Innovations - Democracia e Inovações Democráticas

Democracies and Democratic Innovations - Democracia e Inovações Democráticas

por Cláudia Regina - publicado 04/09/2019 11:40 - última modificação 19/09/2019 13:54

Detalhes do evento

Quando

de 19/09/2019 - 14:00
a 19/09/2019 - 17:00

Onde

Sala Alfredo Bosi, Rua Praça do Relógio, 109, Cidade Universitária, São Paulo

Nome do Contato

Telefone do Contato

11 3091-1686

Adicionar evento ao calendário

Diverse democracies around the globe have been facing struggles on the conduction of several public issues. Public demonstrations with hundreds of thousands of protesters on the streets like the Arab Spring and the June of 2013 in Brazil, the election of populist leaders, and the political positions like the Brexit are good, but not exhaustive, examples on how democratic regimes are being confronted. In this sense, innovative mechanisms of public engagement are being designed and delivered by different governments. Experiences like Mini Publics and Citizen Juries are applicable beyond elections, and several national and subnational governments in many countries are utilising these mechanisms aiming not only to address better public solutions to complex problems but also to strengthen democratic values between citizens and politicians and to make democracies more inclusive.
Making democracies more inclusive means to strengthen democratic values like tolerance and political trust between the citizens, but also to introduce practices of accountability and responsiveness inside governments practices. It also requires innovative reforms to include minorities into the political system and to addressing the contemporary problem of the "crisis of the representatives", that take apart political and economic elites from the mass of the citizens.

----------------------------

Diversas democracias em todo o mundo vêm enfrentando desafios pela condução de diversas questões. Manifestações públicas com centenas de milhares de manifestantes nas ruas, como a Primavera Árabe e o Junho de 2013 no Brasil, a eleição de líderes populistas e posições políticas como o Brexit são bons, mas não exaustivos, exemplos de como os regimes democráticos estão sendo confrontados. Nesse sentido, mecanismos inovadores de engajamento público estão sendo projetados e implementados por diferentes governos. Experiências como Mini-públicos e os Júris de Cidadãos são aplicáveis para além das eleições, e vários governos nacionais e subnacionais em muitos países estão utilizando esses mecanismos, visando não apenas a obter melhores soluções para problemas complexos, mas também para fortalecer valores democráticos entre os cidadãos e os políticos eleitos, bem como para criar democracias mais inclusivas. Tornar as democracias mais inclusivas significa fortalecer valores democráticos como tolerância e confiança política entre os cidadãos, mas também introduzir práticas de responsabilização e responsividade nas práticas dos governos. Também exige reformas inovadoras para incluir minorias no sistema político e abordar o problema contemporâneo da "crise dos representantes", que separa as elites políticas e econômicas da massa dos cidadãos.

Inscrições

  • Evento público, gratuito e com inscrição prévia.
  • Público online não há necessidade de se inscrever.
  • Não haverá tradução simultânea

Programação

Palestrante:

Iain Walker (newDemocracy Foundation)

Debatedores:

José Álvaro Moisés (IEA/USP) e Sérgio Fausto (Fundação FHC)

Moderador:

José Veríssimo (NUPPs)

Evento com transmissão em: http://www.iea.usp.br/aovivo