Você está aqui: Página Inicial / EVENTOS / Existe Ética na Inteligência Artificial?

Existe Ética na Inteligência Artificial?

por Sandra Sedini - publicado 05/09/2022 10:50 - última modificação 19/09/2022 13:45

Detalhes do evento

Quando

de 16/09/2022 - 14:00
a 16/09/2022 - 18:30

Onde

On-line (*)

Nome do Contato

Adicionar evento ao calendário

Os riscos e as implicações filosóficas, sociais, morais e pragmáticas embutidos nesta relação

A avalanche da desinformação que tomou a sociedade na última década se tornou uma das grandes preocupações contemporâneas. No centro dos processos comunicacionais, que perderam paulatinamente a credibilidade e a clareza, levando a um cenário caótico e muitas vezes ameaçador à democracia, está a Inteligência Artificial, motor e forma de funcionamento das plataformas digitais que mantêm ativas as redes sociais. Embora abastecidas e teleguiadas por humanos, as máquinas já tomam decisões e fazem escolhas, interagindo a partir do comportamento de seus usuários, que funciona como base para sua programação. O tráfego urbano, as câmeras de segurança, as operações bancárias e a oscilações do mercado financeiro, o controle de pandemias, os debates políticos e muitos outros aspectos das nossas vidas estão cada vez mais sujeitos à interferência de movimentos digitais. Essas movimentações implicam em efeitos éticos. O que nos faz refletir sobre a possibilidade de as máquinas já terem a capacidade de decidir eticamente, mesmo em obediência a um código humano.

Os programas de computador e seus desdobramentos – como a inteligência artificial capaz de criar e programar outras máquinas e outras dimensões de IA – são soluções tecnológicas inteligentes, mas não deveriam ser considerados entes racionais independentes. Afinal, se não há razão no coração das máquinas, como podemos delegar a elas autonomia para tomar decisões que afetam a vida humana? A discussão é tão polêmica quanto atual. Na Europa, já se discute se os algoritmos deveriam possuir personalidade jurídica. E não faltam propostas que definem a existência (e a defesa) de direitos autorais para os chamados bots.

As perguntas que nos rondam são muitas. Como uma decisão que gera efeitos éticos pode ser deliberada por um agente que não é humano? Faz sentido considerarmos que as máquinas tenham um certo grau de liberdade? Um computador pode ser considerado livre, racional e responsável? Ainda que a liberdade humana absoluta seja uma ilusão, há possibilidade de falarmos em uma liberdade análoga para as máquinas? Se elas não podem se enquadrar no mesmo arcabouço ontológico que um ser humano, como entender as consequências éticas de suas ações? Se uma inteligência maquínica pratica atos que se desdobram em consequências éticas, poderia ser tratada como um sujeito ético? Poderíamos nós, no Brasil, substituir funções inteiras do STF por algoritmos? Quais são os limites que deveriam ser observados? Há ainda quem argumente que as máquinas são capazes de pensar conforme a razão. Poderíamos postular que a IA seja uma inteligência, mais que artificial, racional?

O seminário Existe Ética na Inteligência Artificial? se propõe a discutir em profundidade essas e outras questões e as implicações que elas oferecem.

Organização: Magaly Prado (Cátedra Oscar Sala/C4AI) e Eliana Sanches (PPRCOM/ECA)

Coordenação: Eugênio Bucci (ECA/Cátedra Oscar Sala/C4AI)

Transmissão

Acompanhe a transmissão do evento em www.iea.usp.br/aovivo

Inscrições

Evento público e gratuito | Não haverá certificação

Para assistir on-line, não é necessário inscrição

Para assistir presencial, faça sua inscrição aqui (*) - VAGAS ESGOTADAS

(*) COVID-19: Para assistir presencial, cumprindo as medidas sanitárias de distanciamento físico conforme protocolo de recomendação para auditórios (www.usp.retornoseguro.br) disponibilizamos 20 vagas que serão preenchidas pela ordem de chegada da inscrição

Programação

14h

Abertura: Guilherme Ary Plonski (IEA) e Eugênio Bucci (ECA/Cátedra Oscar Sala/C4AI)

14h15

Mesa 1: IA e mistificações

Expositor:

Glauco Arbix (FFLCH/IEA/C4AI)

Debatedores:

Caio Túlio Costa (Torabit) e Francisco de Brito Cruz (FD/USP e Internet Lab)

Moderadora:

Magaly Prado (Cátedra Oscar Sala/C4AI)

Comentários: Luiz Fernando Martins Castro (Cátedra Oscar Sala)

15h35

Mesa 2: Expor Incerteza, Instigar Desconfiança, Evitar Falsidade: Diretrizes de Design para Interfaces de Usuário em Aprendizado de Máquina

Expositor:

Claudio Pinhanez (IBM/C4AI)

Debatedores:

Patrícia Huelsen (PUC/SP) e Juliano Maranhão (FD/USP)

Moderadora:

Elen Nas (Cátedra Oscar Sala/BrainNIAC)

Apresentação:

IA e Ética: o papel da academia

Virgílio Almeida (Cátedra Oscar Sala)

16h55

Mesa 3: Riscos potenciais do uso intensivo de sistemas de IA

Expositora:

Dora Kaufman (Tidd/IEA/C4AI)

Debatedores:

Vitor Blotta (ECA/IEA/C4AI) e Nina Santos (INCTD/Desinformante)

Moderação:

Paola Cantarini (IEA/UEMG)

18h

Comentários finais e encerramento: Eugênio Bucci (ECA/Cátedra Oscar Sala/C4AI)