Você está aqui: Página Inicial / NOTÍCIAS / Rede IEA / Membro de grupo de pesquisa do IEA recebe Prêmio USP de Direitos Humanos

Membro de grupo de pesquisa do IEA recebe Prêmio USP de Direitos Humanos

por Victor Matioli - publicado 05/06/2018 16:34 - última modificação 05/06/2018 16:34

kabengele munanga
Kabengele Munanga, receptor do Prêmio USP de Direitos Humanos 2017

Kabengele Munanga, antropólogo e membro do Grupo de Pesquisa Diálogos Interculturais, receberá o Prêmio USP de Direitos Humanos 2017. A entrega será feita pelo reitor Vahan Agopyan, em cerimônia oficial, no dia 29 de junho. Professor aposentado do Departamento de Antropologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, Munanga receberá a honraria por seus estudos sobre a população afro-brasileira e o racismo no Brasil.

Munanga nasceu no Congo, em 1940, onde se graduou em Antropologia Cultural pela Université Officielle Du Congo à Lubumbashi (1969) e viveu por 40 anos. Em 1980, veio para o Brasil e iniciou sua trajetória acadêmica como professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). No ano seguinte, mudou-se para São Paulo e estabeleceu-se como professor da FFLCH, onde se aposentou como professor titular em 2012.

Sempre orbitando a antropologia da África e da população afro-brasileira, os estudos de Munanga englobam racismo, políticas e discursos antirracistas, negritude, identidade negra versus identidade nacional, multiculturalismo e educação das relações étnico-raciais. Estes foram também os temas com os quais mais contribuiu para o Grupo de Pesquisa Diálogos Interculturais. Sua participação em um dos encontros do grupo foi traduzida em um artigo publicado no Dossiê Interculturalidades da edição 114 da Revista USP. Em 2004, a 50ª edição da revista “Estudos Avançados” publicou uma entrevista com Munanga sobre as dificuldades de se definir quem é negro no Brasil.