Você está aqui: Página Inicial

Resultado da busca

233 itens atendem ao seu critério.
Filtrar os resultados
Tipo de item














Notícias desde



Ordenar por relevância · data (mais recente primeiro) · alfabeticamente
Reunião Grupo de Pesquisa Tempo, Memória e Pertencimento
por Cláudia Regina publicado 17/11/2022 última modificação 17/11/2022 14:35 — registrado em: , ,
Localizado em EVENTOS
Reunião Grupo de Pesquisa Tempo, Memória e Pertencimento
por Cláudia Regina publicado 17/11/2022 última modificação 17/11/2022 14:34 — registrado em: , ,
Localizado em EVENTOS
Reunião Grupo de Pesquisa Tempo, Memória e Pertencimento
por Cláudia Regina publicado 17/11/2022 última modificação 17/11/2022 14:30 — registrado em: , ,
Localizado em EVENTOS
Reunião Grupo de Pesquisa Tempo, Memória e Pertencimento
por Cláudia Regina publicado 17/11/2022 última modificação 17/11/2022 14:29 — registrado em: , ,
Localizado em EVENTOS
Popular, Espiritual, Moderno: Portinari e a Renovação da Decoração dos Espaços Religiosos no Estado de São Paulo
por Cláudia Regina publicado 10/11/2022 última modificação 14/12/2022 17:25 — registrado em: , ,
Localizado em EVENTOS
VideoIEA Imagens do Brasil: Quantos Espelhos? (Parte 3 de 3)
por Sergio R V Bernardo publicado 01/11/2022 — registrado em:
O seminário promoveu o debate sobre imagens literárias que espelham o Brasil, colocando em discussão algumas delas. Se o mito fundador da nacionalidade brasileira teve como um dos marcos o romance Iracema (de 1865), de José de Alencar, antes da Independência do país o Brasil já era conhecido na Europa e gozava de outras imagens, urdidas por portugueses, alemães e franceses; depois, por italianos, japoneses, africanos e indígenas. Essas imagens foram inseridas nas respectivas literaturas e aí permanecem até hoje.
Localizado em MIDIATECA / Vídeos / Vídeos 2022
VideoIEA Imagens do Brasil: Quantos Espelhos? (Parte 2 de 3)
por Sergio R V Bernardo publicado 01/11/2022 — registrado em:
O seminário promoveu o debate sobre imagens literárias que espelham o Brasil, colocando em discussão algumas delas. Se o mito fundador da nacionalidade brasileira teve como um dos marcos o romance Iracema (de 1865), de José de Alencar, antes da Independência do país o Brasil já era conhecido na Europa e gozava de outras imagens, urdidas por portugueses, alemães e franceses; depois, por italianos, japoneses, africanos e indígenas. Essas imagens foram inseridas nas respectivas literaturas e aí permanecem até hoje.
Localizado em MIDIATECA / Vídeos / Vídeos 2022
VideoIEA Imagens do Brasil: Quantos Espelhos? (Parte 1 de 3)
por Sergio R V Bernardo publicado 01/11/2022 — registrado em:
O seminário promoveu o debate sobre imagens literárias que espelham o Brasil, colocando em discussão algumas delas. Se o mito fundador da nacionalidade brasileira teve como um dos marcos o romance Iracema (de 1865), de José de Alencar, antes da Independência do país o Brasil já era conhecido na Europa e gozava de outras imagens, urdidas por portugueses, alemães e franceses; depois, por italianos, japoneses, africanos e indígenas. Essas imagens foram inseridas nas respectivas literaturas e aí permanecem até hoje.
Localizado em MIDIATECA / Vídeos / Vídeos 2022
VideoIEA Loreto y San Miguel, os últimos Pueblos de Guaraní-Misioneros
por Sergio R V Bernardo publicado 01/11/2022 última modificação 01/11/2022 10:28 — registrado em:
Alfredo Poenitz, da Universidad Gastón Dachary, falou sobre o tema de seu livro "Mestizo del litoral. Sus modos de vita em Loreto e San Miguel", no qual mostra que a dispersão do povo guarani-missionário resultou no surgimento de novos assentamentos construídos de forma muito precária, mas seguindo o modelo da construção reducional.
Localizado em MIDIATECA / Vídeos / Vídeos 2022
VideoIEA Nopoki: um Projeto para não Perder o Patrimônio Cultural e Linguístico dos Povos Originários da Amazônia Peruana
por Jorge Paulo Soares publicado 05/10/2022 última modificação 07/10/2022 14:35 — registrado em:
Este seminário trouxe a experiência de uma universidade indígena em Atalaya, no Peru, frequentada por membros de 12 povos originários, com diferentes línguas, que se formam professores bilíngues a partir da vivência da interculturalidade. O projeto educacional nasceu do desejo de conservar as línguas e tradições indígenas como patrimônio importante para a identidade e desenvolvimento das comunidades. A palavra Nopoki significa “estou aqui”.
Localizado em MIDIATECA / Vídeos / Vídeos 2022