Você está aqui: Página Inicial / EVENTOS / Ciclo UrbanSus - Sustentabilidade Urbana: Gestão de Materiais, Processos e Resíduos em Cidades

Ciclo UrbanSus - Sustentabilidade Urbana: Gestão de Materiais, Processos e Resíduos em Cidades

por Sandra Sedini - publicado 11/09/2019 17:25 - última modificação 21/10/2019 13:05

Detalhes do evento

Quando

de 21/11/2019 - 08:30
a 21/11/2019 - 17:30

Onde

Sala Alfredo Bosi, Rua da Praça do Relógio, 109, térreo, Cidade Universitária, Sâo Paulo

Nome do Contato

Telefone do Contato

11.3091-1678

Adicionar evento ao calendário

Atualmente, as cidades geram cerca de 1,3 bilhões de toneladas de resíduos sólidos por ano, e o volume deve praticamente dobrar até 2025. De acordo com a ONU e o Banco Mundial, os custos para a gestão de resíduos sólidos passarão dos US$ 205.4 bilhões de dólares anuais para cerca de US$ 375.5 bilhões neste período, afetando de maneira expressiva os países mais pobres.

Os impactos globais decorrentes dos resíduos sólidos também crescem aceleradamente, pois estes podem ser uma fonte de grandes quantidades de gases de efeito estufa, como metano, e ampla variedade de outros compostos e elementos igualmente deletérios à saúde humana e ambiente. Localmente, resíduos sólidos não coletados podem causar inundações, poluição do ar e de outros compartimentos ambientais, bem como problemas de saúde pública como diarreia, dengue e doenças respiratórias. Ainda, observa-se que questões complexas como a indústria de reciclagem, que possui mais de 2 milhões de trabalhadores informais apresenta-se hoje como um negócio global, com extensiva rede de abastecimento e transporte internacionais, e demandam atenção quanto à construção de um mercado socialmente justo, seguro e inclusivo.

Para os países em transição, e principalmente para os mais pobres, a gestão de resíduos é usualmente um dos itens que mais oneram o orçamento das cidades. Nos últimos 20 anos, mais de 300 projetos de gestão de resíduos sólidos têm sido financiados pelo Banco Mundial em todo o mundo, que somam US$ 4,5 bilhões. Estes projetos receberam apoio desde infraestrutura, serviços de consultoria, que abrangem coleta básica de resíduos sólidos e disposição final, até programas voltados à mudança de comportamento, reutilização e reciclagem. Assim, os múltiplos desafios para o gerenciamento de resíduos têm, cada vez mais, incorporado os impactos à saúde humana, além das questões econômico-ambientais tradicionais, e mais recentemente, a valorização destes resíduos e integração de diversos setores na busca da gestão integrada, participativa e sustentável. Estes e outros aspectos relacionados ao evento são organizados em dois painéis.

No Painel 1, o debate focará nos principais avanços, retrocessos e desafios da gestão dos resíduos sólidos na cidade de São Paulo, a partir das seguintes questões: (i) análise do plano de gestão integrada de resíduos sólidos do município, (ii) os desafios para potencializar a reciclagem na cidade, (iii) a implementação da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos, envolvendo o poder público, fabricantes, importador, comerciante e os consumidores. A pergunta que se pretende responder nesse painel é “Por que a gestão dos resíduos sólidos na cidade de São Paulo tornou-se um problema eterno?”

No Painel 2, o debate partirá das ideias centrais apresentadas no relatório Global Chemicals Outlook, lançado em 2019 pela ONU Meio Ambiente, e que tem como objetivo alertar formuladores de políticas e outras partes interessadas sobre o papel da gestão de produtos e resíduos para o desenvolvimento sustentável. Observa-se que as tendências globais têm aumentando drasticamente a geração, uso e fluxo de produtos químicos particularmente em economias emergentes, caso do Brasil. Em 2017, o setor movimentou mais de US$ 5 trilhões no mundo, com projeções de duplicação até 2030. Neste contexto serão focadas as seguintes questões com o intuito de promover reflexões aprofundadas sobre caminhos para a redução e eliminação de riscos associados aos resíduos à saúde humana e aos ecossistemas como as cidades, além da possível valorização destes materiais por meio: i) do Gerenciamento em bases sustentáveis da cadeia de suprimentos, ii) das inovações em química verde e sustentável, e iii) da adoção de abordagens disruptivas para a gestão de produtos, processos e resíduos. A questão central do painel é responder “Como a química verde e sustentável pode colaborar para se evitar a geração de resíduos sólidos, bem como para a gestão destes no âmbito da economia circular?”.

Portanto, mostra-se urgente refletir sobre a geração, disposição, destinação, tratamento e valorização de resíduos, e temas a estes associados como indústria 4.0, emissão de gases de efeito estufa, produção e consumo de combustíveis e energia, mobilidade urbana, abastecimento de água, segurança alimentar e nutricional, dentre outras questões, em variados setores públicos e privados, com especial atenção às tecnologias químicas e engenharias verdes e sustentáveis desde o nível molecular até grandes escalas produtivas, com base na economia circular.

Desta forma, o Seminário “Gestão de materiais, processos e resíduos em Cidades”, promovido em continuidade ao Ciclo UrbanSus do Programa USP Cidades Globais do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, pretende promover diálogos com diferentes grupos acadêmicos, industriais, governamentais e não-governamentais com o objetivo de potencializar buscas por soluções sustentáveis com relação aos resíduos sólidos a partir das cidades, sob a perspectiva inter e transdisciplinar, considerando a necessária articulação entre os vários setores envolvidos. Ênfase será dada às perspectivas nacionais e internacionais, principalmente da Alemanha no Painel 2, relacionadas à produção, utilização e gestão de materiais e processos e gerenciamento de resíduos, considerando seus reflexos e influências sobre o desenho e estabelecimento de cidades e assentamentos humanos inclusivos, seguros e resilientes que contemplem os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Comissão Organizadora:

Arlindo Philippi Jr (IEA e FSP USP); Marcos Buckeridge (IEA e IB USP); Wanda Risso Günther (FSP USP); Vânia Gomes Zuin (UFSCar); Amanda Silveira Carbone (FSP USP); Mary Lobas de Castro (UMC); Sandra Sedini (IEA USP); Marcio Weichert (DWIH-SP)

Inscrições

Evento público e gratuito | Com inscrição prévia

Não há necessidade de inscrição para assistir à transmissão on-line.

Capacidade do auditório: 60 lugares

Onde estamos

Organização

Programa USP Cidades Globais (IEA USP)

Departamento de Saúde Ambiental (FSP USP)

Instituto de Biociências (IB USP)

Departamento de Química (DQ UFSCar)

Apoio

Comissão de Cultura e Extensão – CCEx (FSP USP)

Programa de Pós-Graduação Ambiente, Saúde e Sustentabilidade – ProASaS (FSP USP)

Programa de Pós-Graduação Saúde Global e Sustentabilidade - PPGSGS (FSP USP)

Programa de Pós-Graduação Saúde Pública – PPGSP (FSP USP)

Programa de Pós-Graduação Química – PPGQ (UFSCar)

Programa de Pós-Graduação Educação (UFSCar)

Centro Alemão de Ciência e Inovação São Paulo (DWIH São Paulo)

Fundação Alexander von Humboldt (AvH)

Programação

08h30

Abertura

Arlindo Philippi Jr (IEA e FSP/USP)

Marcos S. Buckeridge (IEA/IB/USP)

Vânia G. Zuin (DQ/UFSCar e GCCE/University of York, UK)

9h

Painel 1

O que leva a questão dos resíduos na cidade de São Paulo ser um problema eterno?

Expositor

Gilberto Natalini (Vereador, Câmara Municipal de São Paulo)

Debatedores

Wanda Risso Günther (FSP USP)

Carlos Rossin (Sindicato de Limpeza Urbana do Estado de São Paulo)

Fabricio Soler (Professor e consultor da CNI)

Moderação:

Marcos Buckeridge (IB e IEA USP)

Debates

Relatoria:

Amanda Silveira Carbone (PPGSP/FSP/USP); Gina Rizpah (IEE/USP); Mary Lobas de Castro (UMC)

12h

Intervalo

14h

Painel 2

Materiais e processos verdes e sustentáveis e a questão dos resíduos na economia circular

Expositor:

Klaus Kümmerer (Leuphana University e ISC3, Germany)

Debatedores:

Vânia G. Zuin (DQ/UFSCar e GCCE/University of York, UK)

Roberto Werneck (BRASKEM)

Alexandre Martins Moreira (Fraunhofer Institute for Process Engineering and Packaging IVV)

Moderação:

Maria Eugenia Boscov (EP USP)

Debates

Relatores:

Pedro Lombardi Filho (FSP/USP), Evelyn Araripe (PPGE/UFSCar),

Mateus Segatto (PPGQ/UFSCar)

 

Encaminhamentos e Encerramento

Evento com transmissão em: http://www.iea.up.br/aovivo

Conteúdo relacionado
Eventos UrbanSus