Você está aqui: Página Inicial / MIDIATECA / Vídeos

Vídeos

por Mauro Bellesa - publicado 01/08/2013 15:25 - última modificação 27/06/2018 10:27

Centralidades Periféricas: Marcas na Pele da Cidade - Narrativas Visuais das Periferias

por Sergio R V Bernardo — última modificação 10/10/2018 13:26

A cidade é um imenso corpo narrativo. Cotidianamente, esbarramos em imagens que marcam as vivências do conjunto de experiências de diferentes partes da pólis. Essas representações carregam histórias e contextos específicos, vindos de lugares e repertórios que nos deslocam na cidade. Nos reconhecemos ou não no pixo, no graffiti, no traço ou no desenho. No segundo encontro do ciclo Centralidades Periféricas, comandado pela Cátedra Olavo Setúbal de Arte, Cultura e Ciência, artistas de São Paulo e do Rio de Janeiro se reuniram no IEA para discutir as diversas produções artísticas urbanas produzidas pelas periferias. Eles pensaram também sobre as maneiras pelas quais a Universidade pode se aproximar da periferia e de suas produções artísticas.

Centralidades Periféricas: Marcas na Pele da Cidade - Narrativas Visuais das Periferias - Leia mais…

Eleições 2018: Propostas para o Brasil - Saúde

por Sergio R V Bernardo — última modificação 10/10/2018 13:29

Para contribuir com a formulação de políticas que levem a um melhor atendimento da população, o ciclo "Eleições 2018: Propostas para o Brasil" tratou, em seu quinto e último seminário, das condições da saúde no país, especialmente do Sistema Único de Saúde (SUS), e das mudanças que se fazem necessárias. Participaram do encontro o médico Drauzio Varella e o professor da Faculdade de Medicina da USP Mario Scheffer. A partir dos debates, os expositores concluíram que as principais demandam da área são a universalização do acesso, novas fontes de recursos e a reorganização do SUS.

Eleições 2018: Propostas para o Brasil - Saúde - Leia mais…

Big Data e Ação Autônoma

por Sergio R V Bernardo — última modificação 10/10/2018 14:33

Esse debate teve por objetivo introduzir a discussão sobre a possibilidade de exercício da autonomia na escolha adequada da conduta frente à crescente presença da tecnologia digital no cotidiano das sociedades informatizadas, particularmente sobre o impacto dos processamentos de massivas quantidades de informação realizados pelos Big Data.

Big Data e Ação Autônoma - Leia mais…

A Família e o Direito Humano à Alimentação Adequada

por Sergio R V Bernardo — última modificação 29/10/2018 15:57

As famílias possuem um papel crucial no desenvolvimento social. Por isso, a ONU reconhece que políticas públicas voltadas à família possuem o potencial de acelerar o atingimento de várias das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), especialmente aquelas relacionadas ao desenvolvimento social e bem-estar de todas as pessoas — em concreto, os ODS 1 a 5. Neste evento, o Grupo de Pesquisa Nutrição e Pobreza do IEA buscou discutir o papel das famílias no contexto brasileiro, dando particular atenção à contribuição que elas podem trazer para que sejam atingidas algumas das metas da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável.

A Família e o Direito Humano à Alimentação Adequada - Leia mais…

Inteligência Artificial e seus Impactos na Medicina Diagnóstica

por Sergio R V Bernardo — última modificação 23/10/2018 15:44

O médico Igor Santos, da Unifesp, falou neste encontro sobre o histórico da inteligência artificial e como os recentes avanços da última década aumentaram o acesso e a abrangência dessa tecnologia. Ele também discutiu casos práticos que já estão sendo utilizados na medicina diagnóstica e suas principais aplicações.

Inteligência Artificial e seus Impactos na Medicina Diagnóstica - Leia mais…

2° Workshop Centro de Síntese em Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos - Parte II

por Sergio R V Bernardo — última modificação 19/10/2018 09:50

Entender a complexidade ambiental e outras dimensões dos sistemas ecológicos requer uma abordagem holística que só pode ser alcançada identificando, recuperando e sintetizando diversos dados de fontes distribuídas; colaborar com outros cientistas de uma ampla gama de disciplinas; e investigar muitos sistemas diferentes.

2° Workshop Centro de Síntese em Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos - Parte II - Leia mais…

2° Workshop Centro de Síntese em Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos - Parte I

por Sergio R V Bernardo — última modificação 19/10/2018 09:49

Entender a complexidade ambiental e outras dimensões dos sistemas ecológicos requer uma abordagem holística que só pode ser alcançada identificando, recuperando e sintetizando diversos dados de fontes distribuídas; colaborar com outros cientistas de uma ampla gama de disciplinas; e investigar muitos sistemas diferentes.

2° Workshop Centro de Síntese em Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos - Parte I - Leia mais…

As Medicinas no Brasil Colonial a partir de Três Manuais Setecentistas

por Sergio R V Bernardo — última modificação 10/10/2018 14:33

Das diversas formas de cuidar dos doentes no período que antecedeu a instituição do ensino médico no Brasil, a instrução para cuidar de si e dos mais próximos através de manuais escritos por cirurgiões licenciados foi a que recebeu especial atenção neste evento. A partir da compreensão do contexto de produção de três desses livros – o Erário Mineral (1736), a Relação cirúrgica e médica (1747) e o Governo de Mineiros [...] (1770) –, das referências científicas tomadas por seus autores como fundamentais, das indicações do que fazer – ou não – com os corpos enfermos, das receitas e os ingredientes usuais nas curas, entre outros aspectos, foi apresentada uma das facetas dessa plural medicina praticada nos trópicos.

As Medicinas no Brasil Colonial a partir de Três Manuais Setecentistas - Leia mais…

Eleições 2018: Propostas para o Brasil - Gestão Pública

por Sergio R V Bernardo — última modificação 23/10/2018 15:43

Às vésperas de uma da eleição presidencial de 2018, o IEA reuniu renomados especialistas para debater propostas para o Brasil, capazes de destravar áreas-chave para o desenvolvimento. Neste encontro sobre gestão pública, os conferencistas forma Evelyn Levy, ex-secretária nacional de gestão, consultora e especialista em gestão pública para organismos internacionais, e Humberto Falcão Martins, professor da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (EBAPE-FGV). A moderação foi de Fernando Luis Abrucio, professor da FGV-SP.

Eleições 2018: Propostas para o Brasil - Gestão Pública - Leia mais…

Lançamento do Livro Branco da Água

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:38

O IEA e a Academia de Ciências do Estado de São Paulo (Aciesp) publicaram um livro analítico sobre a crise hídrica que assolou a Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) entre 2013 e 2015. O Livro Branco da Água é resultado de uma série de estudos sobre as causas e consequências do desabastecimento hídrico que limitou o acesso à água de pelo menos 20 milhões de pessoas. Neste evento, os coordenadores da obra e alguns dos articulistas falaram sobre o livro e os temas que orbitam a publicação.

Lançamento do Livro Branco da Água - Leia mais…

O Problema da Causação Mental em Filosofia da Mente e suas Implicações Clínicas

por Sergio R V Bernardo — última modificação 23/10/2018 15:19

É sabido que o estado físico afeta a forma de pensar, as decisões, sentimentos, ao mesmo tempo em que nossos pensamentos e sentimentos afetam o funcionamento do organismo, gerando não apenas sensações de bem-estar ou mal-estar, mas também possibilitando maior ou menor defesa do organismo. Este efeito, chamado de causação mental, é uma questão filosófica que surge com Descartes e permanece sem explicação até hoje. Nesta conferência, foram abordadas algumas teorias sobre a causação mental e suas respectivas implicações em situações clínicas.

O Problema da Causação Mental em Filosofia da Mente e suas Implicações Clínicas - Leia mais…

Socialist Economic Planning and Algorithms

por Sergio R V Bernardo — última modificação 29/10/2018 16:17

A palestra abordou os debates sobre o cálculo socialista e os avanços que ocorreram devido a Kantorovich versus von Mises. Foram observadas as limitações do método de planejamento de Kantorovich e como elas podem ser superadas usando técnicas que foram originalmente desenvolvidas para pesquisa de redes neurais. Foram também apresentados dois pacotes de software, um dos quais utiliza a técnica de Kantorovich. O outro utiliza o novo método Harmony, de CockShott.

Socialist Economic Planning and Algorithms - Leia mais…

Eleições 2018: Propostas para o Brasil - Ciência, Tecnologia e Inovação

por Sergio R V Bernardo — última modificação 23/10/2018 15:32

Às vésperas de uma da eleição presidencial de 2018, o IEA reuniu renomados especialistas para debater propostas para o Brasil, capazes de destravar áreas-chave para o desenvolvimento. Neste encontro sobre inovação, estavam presentes Carlos Américo Pacheco, diretor-presidente da Fapesp, e Fernanda De Negri, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - Ipea.

Eleições 2018: Propostas para o Brasil - Ciência, Tecnologia e Inovação - Leia mais…

Mídias Sociais Digitais, Pós-Verdade e Fake News: seus Efeitos sobre o Jornalismo e a Democracia

por Sergio R V Bernardo — última modificação 23/10/2018 15:07

A produção de conteúdo jornalístico foi drasticamente alterada pela dinâmica de dados promovida pelas mídias sociais. Na rede, opiniões e informações (verdadeiras ou não) se pulverizam e tiram dos veículos de comunicação o monopólio da produção de notícias. Neste evento, Marco Bastos, professor e pesquisador da City, University of London, discutiu as tensões do discurso jornalístico com essas outras linguagens e plataformas.

Mídias Sociais Digitais, Pós-Verdade e Fake News: seus Efeitos sobre o Jornalismo e a Democracia - Leia mais…

Saúde no Brasil e o Sistema Albert Einstein

por Sergio R V Bernardo — última modificação 23/10/2018 15:23

O Sistema Einstein se constitui em um sistema de saúde e de conhecimento abrangente e integrado, atuando na assistência pública e privada, da atenção primária à alta complexidade. Com participação no SUS, com a gestão de dois hospitais públicos no município de São Paulo e projetos nacionais, o Einstein também tem atuação em educação e pesquisa, com cursos de pós-graduação lato sensu e stricto sensu e faculdades de enfermagem e de medicina. Além disso, tem uma incubadora de startups e laboratórios de inovação.

Saúde no Brasil e o Sistema Albert Einstein - Leia mais…

UrbanSus: Instrumentos de Financiamento da Cidade e Urbanismo Social - Parte II

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:39

Entre os temas que foram debatidos no evento estão a viabilização do desenvolvimento urbano lato senso, o financiamento da transformação mais equilibrada territorialmente de nossas cidades e a promoção do “urbanismo social”, todos instrumentos de financiamento do desenvolvimento urbano com inclusão sócio-territorial. Foram abordadas também as maneiras pelas quais o urbanismo gera valor e as formas de mobilização e captura da valorização do solo, as contribuições por melhoria e os instrumentos não tributários de financiamento de projetos urbanos e de promoção do urbanismo social.

UrbanSus: Instrumentos de Financiamento da Cidade e Urbanismo Social - Parte II - Leia mais…

UrbanSus: Instrumentos de Financiamento da Cidade e Urbanismo Social - Parte I

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:39

Entre os temas que foram debatidos no evento estão a viabilização do desenvolvimento urbano lato senso, o financiamento da transformação mais equilibrada territorialmente de nossas cidades e a promoção do “urbanismo social”, todos instrumentos de financiamento do desenvolvimento urbano com inclusão sócio-territorial. Foram abordadas também as maneiras pelas quais o urbanismo gera valor e as formas de mobilização e captura da valorização do solo, as contribuições por melhoria e os instrumentos não tributários de financiamento de projetos urbanos e de promoção do urbanismo social.

UrbanSus: Instrumentos de Financiamento da Cidade e Urbanismo Social - Parte I - Leia mais…

Miguel Covian: Uma Concepção de Universidade Para os Tempos Atuais - Parte II

por Sergio R V Bernardo — última modificação 23/10/2018 15:05

Um dos incentivadores da criação da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, onde fundou o Departamento de Fisiologia, o cientista argentino naturalizado brasileiro Miguel Rolando Covian (1913-1992) teve sua atuação acadêmica recordada neste encontro. Foram apresentados um relato histórico sobre a atuação de Covian na FMRP-USP, sua experiência universitária com mestres e discípulos, além da importância e valor cientifico e histórico da sua coleção.

Miguel Covian: Uma Concepção de Universidade Para os Tempos Atuais - Parte II - Leia mais…

Miguel Covian: Uma Concepção de Universidade Para os Tempos Atuais - Parte I

por Sergio R V Bernardo — última modificação 23/10/2018 15:05

Um dos incentivadores da criação da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, onde fundou o Departamento de Fisiologia, o cientista argentino naturalizado brasileiro Miguel Rolando Covian (1913-1992) teve sua atuação acadêmica recordada neste encontro. Foram apresentados um relato histórico sobre a atuação de Covian na FMRP-USP, sua experiência universitária com mestres e discípulos, além da importância e valor cientifico e histórico da sua coleção.

Miguel Covian: Uma Concepção de Universidade Para os Tempos Atuais - Parte I - Leia mais…

Brasil: O Futuro que Queremos

por Sergio R V Bernardo — última modificação 17/09/2018 13:37

O patologista Paulo Saldiva, diretor do IEA e professor da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), e o advogado Eduardo Muylaert, ex-secretário de Justiça e Segurança Pública do Estado de São Paulo, apresentam suas propostas para o Brasil nas áreas da saúde e da segurança pública. O evento marcou lançamento do livro "Brasil: O Futuro que Queremos', no quais eles escreveram sobre os dois temas. A mediação do encontro foi do organizador do livro, o historiador Jaime Pinsky, professor da Unicamp e diretor da Editora Contexto, responsável pela publicação.

Brasil: O Futuro que Queremos - Leia mais…

Eleições 2018: Propostas para o Brasil - Economia

por Sergio R V Bernardo — última modificação 13/09/2018 09:13

Os caminhos para superação dos desafios econômicos do Brasil foram discutidos no segundo seminário do ciclo "Eleições 2018: Propostas para o Brasil", no dia 3 de setembro, realizado no IEA. Os expositores foram os economistas Bernard Appy, diretor do Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e ex-secretário executivo e, em seguida, de Política Econômica do Ministério da Fazenda (MF), de 2003 a 2009, e Marcos Lisboa, diretor do Insper e também ex-secretário de Política Econômica do MF, de 2003 a 2005.

Eleições 2018: Propostas para o Brasil - Economia - Leia mais…

130 Anos da Abolição da Escravidão: Emancipação, Inclusão, Exclusão

por Sergio R V Bernardo — última modificação 29/10/2018 16:06

O seminário “130 Anos da Abolição: Emancipação, Inclusão, Exclusão” retomou as discussões iniciadas pela Conferência Humanidades USP 2013, cujo tema se referia aos 130 anos da Emancipação nos Estados Unidos e aos 125 anos da Abolição da Escravidão no Brasil. Em 2018, quando se completa 130 anos de Abolição da Escravidão, é lançado o livro "Emancipação, Inclusão e Exclusão: Desafios do Passado e do Presente", atinente ao evento de 2013 e que traz debates que continuam pertinentes e cujos temas inspiram o seminário atual.

130 Anos da Abolição da Escravidão: Emancipação, Inclusão, Exclusão - Leia mais…

Eleições 2018: Propostas para o Brasil - Educação

por Sergio R V Bernardo — última modificação 13/09/2018 09:13

Como os anteriores, o governo a tomar posse no dia 1º de janeiro iniciará seus trabalhos tendo no horizonte a educação como uma das principais preocupações dos brasileiros, ao lado da saúde, emprego, segurança pública e moradia, entre outras prioridades. Foi por isso que o tema foi um dos escolhidos pelo IEA para o ciclo Eleições 2018: Propostas para o Brasil, inaugurado com seminário no dia 31 de agosto justamente sobre a educação básica pública. Os expositores foram o físico José Goldemberg, atual presidente da Fapesp e ex-ministro da Educação e ex-reitor da USP, e Maurício Holanda Maia, ex-secretário da Educação da cidade de Sobral, no Ceará, e atual secretário adjunto de Educação daquele estado.

Eleições 2018: Propostas para o Brasil - Educação - Leia mais…

A USP no Novo Marco da Inovação e Lei do Bem - Parte II

por Sergio R V Bernardo — última modificação 29/10/2018 16:17

Recentemente foi sancionado o decreto que regulamenta o Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação (Decreto 9.283/2018). Este grande avanço para as atividades em CT&I precisa agora ser melhor conhecido para que seja plenamente utilizado pelas Instituições de Ciência e Tecnologia (ICT). O evento discutiu as possibilidades de uso pleno do novo Marco Legal com profissionais ligados ao seu embasamento jurídico e funcional. O intuito do encontro foi incentivar a organização da pesquisa na USP em torno desse tema estratégico, fomentando abordagens transdisciplinares e a interação entre pesquisadores de diferentes Unidades.

A USP no Novo Marco da Inovação e Lei do Bem - Parte II - Leia mais…

Reflexões sobre Filosofia e Medicina

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:39

Desde o surgimento, Filosofia e Medicina dialogam, com influências mútuas em seus métodos, pesquisas e reflexões. Algumas concepções tais como ser humano, saúde, doença, cuidado, corpo, mente, clínica, sociedade, existência, entre outras estudadas em Filosofia, impactam diretamente o trabalho de pesquisa, diagnóstico, prognóstico e tratamento em Medicina. Esta conferência refletiu sobre a prática cotidiana dos profissionais da Medicina e da Filosofia, tendo como foco o ser humano a quem se dedicam tais práticas, considerado em seus múltiplos aspectos. Foram abordadas as interferências dos elementos circunstanciais, históricos e subjetivos nos processos de pesquisa, diagnóstico, prognóstico e tratamento.

Reflexões sobre Filosofia e Medicina - Leia mais…

Printmaking Technique Perspectives

por Sergio R V Bernardo — última modificação 23/10/2018 15:03

A gravura contemporânea evoluiu de seus processos básicos para um território interdisciplinar mais amplo, que cobre grande parte da prática artística pós-moderna. A avaliação é da curadora de artes visuais Breda Skrjanec, do Centro Internacional de Artes Gráficas da Eslovênia, que falou sobre as mudanças neste evento do IEA. Para ela, um marco na evolução recente da gravura foi a exposição "Thinking Print: Books to Billboards, 1980-1995", realizada pelo Museu de Arte Moderna (MoMa) de Nova York em 1996. Essa mostra "detectou e legitimou mudanças na gravura contemporânea para um campo expandido".

Printmaking Technique Perspectives - Leia mais…

A USP no Novo Marco da Inovação e Lei do Bem - Parte I

por Sergio R V Bernardo — última modificação 29/10/2018 16:01

Recentemente foi sancionado o decreto que regulamenta o Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação (Decreto 9.283/2018). Este grande avanço para as atividades em CT&I precisa agora ser melhor conhecido para que seja plenamente utilizado pelas Instituições de Ciência e Tecnologia (ICT). O evento discutiu as possibilidades de uso pleno do novo Marco Legal com profissionais ligados ao seu embasamento jurídico e funcional. O intuito do encontro foi incentivar a organização da pesquisa na USP em torno desse tema estratégico, fomentando abordagens transdisciplinares e a interação entre pesquisadores de diferentes Unidades.

A USP no Novo Marco da Inovação e Lei do Bem - Parte I - Leia mais…

8ª Virada Sustentável - Vida Urbana e Saúde: Os Desafios dos Habitantes das Metrópoles

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:39

O evento apresentou uma forma multidimensional e sistêmica de compreender a saúde, demonstrando como diferentes fatores (ambientais, sociais, econômicos) influenciam na saúde e qualidade de vida da população. Com base em seu livro, lançado em 2018, Paulo Saldiva abordou como a cidade de São Paulo e suas dinâmicas influenciam na saúde da população, tratando de temas como ilhas de calor, (i)mobilidade, poluição, saneamento e violência. Por sua vez, Marco Akerman falou sobre a multidimensionalidade e a intersetorialidade na saúde, e demonstrou a relação entre a saúde e os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Por fim, Zanotto tratou das pesquisas atuais sobre virologia.

8ª Virada Sustentável - Vida Urbana e Saúde: Os Desafios dos Habitantes das Metrópoles - Leia mais…

8ª Virada Sustentável - As Dimensões das Crises Hídricas em São Paulo

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:39

O evento apresentou um debate multi e interdisciplinar sobre os recursos hídricos na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) e a possibilidade de outra crise em um futuro próximo. As discussões tomaram como base as pesquisas apresentadas no Livro Branco da Água, publicação do IEA organizada por Wagner Costa Ribeiro, professor da FFLCH-USP, e Marcos Buckeridge, professor do IB-USP e coordenador do Programa USP Cidades Globais. A obra, de caráter interdisciplinar, analisou, entre outros temas, a última crise hídrica na RMSP e está organizada em três seções: origem das crises hídricas; impacto das crises e soluções para o futuro da água.

8ª Virada Sustentável - As Dimensões das Crises Hídricas em São Paulo - Leia mais…

Acesso à Informação e Violência Contra as Mulheres

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:39

Apesar dos avanços, a violência contra as mulheres por razões de gênero continua apresentando níveis alarmantes e com escalas crescentes de gravidade, sem que tenhamos informações suficientes para avaliar onde as políticas e leis falham e como podemos aprimorá-las. A partir das experiências do Observatório Nacional de Violência e Gênero (ONVG) da Universidade Nova de Lisboa e da Pesquisa de Condições Socioeconômicas e Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (PCSVDFMulher), o evento abordou as pesquisas científicas como eixo estruturante das políticas de enfrentamento à violência contra as mulheres.

Acesso à Informação e Violência Contra as Mulheres - Leia mais…

Ciclo UrbanSus: Sustentabilidade Urbana - Inovação, Sustentabilidade e Ação Sistêmica nas Cidades - Tarde

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:39

O encontro "Inovação, Sustentabilidade e Ação Sistêmica nas Cidades", segundo seminário do Ciclo UrbanSus, teve como objetivo debater a relação entre tecnologia e sustentabilidade, analisando como a tecnologia pode ser utilizada de forma transversal e sistêmica para contribuir com o desenvolvimento sustentável das cidades brasileiras. O evento promovido pelo Programa USP Cidades Globais do IEA, pelo Programa de Pós-Graduação em Cidades Inteligentes e Sustentáveis da Uninove e pelo Programa de Mestrado Profissional em Gestão Ambiental e Sustentabilidade da Uninove, contou com importantes discussões relacionadas às temáticas de cidades inteligentes; cidades sustentáveis; inovação nas cidades; e formação de profissionais para realizar o planejamento e implementação de intervenções sistêmicas, que utilizem da tecnologia para promoção de ambientes urbanos sustentáveis.

Ciclo UrbanSus: Sustentabilidade Urbana - Inovação, Sustentabilidade e Ação Sistêmica nas Cidades - Tarde - Leia mais…

Ciclo UrbanSus: Sustentabilidade Urbana - Inovação, Sustentabilidade e Ação Sistêmica nas Cidades - Manhã

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:39

O encontro "Inovação, Sustentabilidade e Ação Sistêmica nas Cidades", segundo seminário do Ciclo UrbanSus, teve como objetivo debater a relação entre tecnologia e sustentabilidade, analisando como a tecnologia pode ser utilizada de forma transversal e sistêmica para contribuir com o desenvolvimento sustentável das cidades brasileiras. O evento promovido pelo Programa USP Cidades Globais do IEA, pelo Programa de Pós-Graduação em Cidades Inteligentes e Sustentáveis da Uninove e pelo Programa de Mestrado Profissional em Gestão Ambiental e Sustentabilidade da Uninove, contou com importantes discussões relacionadas às temáticas de cidades inteligentes; cidades sustentáveis; inovação nas cidades; e formação de profissionais para realizar o planejamento e implementação de intervenções sistêmicas, que utilizem da tecnologia para promoção de ambientes urbanos sustentáveis.

Ciclo UrbanSus: Sustentabilidade Urbana - Inovação, Sustentabilidade e Ação Sistêmica nas Cidades - Manhã - Leia mais…

O Problema da Causação Mental em Filosofia da Mente e suas Implicações Clínicas

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:39

Esta foi a segunda conferência do Ciclo Reflexões sobre Filosofia e Medicina. Entre os principais problemas da Filosofia da Mente encontra-se a questão da causação mental, que consiste em investigar as relações entre os estados físicos e os estados mentais, isto é, entre corpo e pensamentos, sentimentos, dores, sonhos, desejos, etc. Clinicamente – tanto em medicina como em psicologia, psicanálise, filosofia, ou em fisioterapia, odontologia, enfermagem e demais áreas que trabalham com a saúde – a causação mental é observável, mas não é explicada, ou seja, sabe-se que ocorre, mas não sabe-se como ocorre. Neste evento, Monica Aiub abordou, a partir da Filosofia da Mente, algumas teorias sobre a causação mental e suas respectivas implicações em situações clínicas.

O Problema da Causação Mental em Filosofia da Mente e suas Implicações Clínicas - Leia mais…

Jornada de Engenharia Popular: Caracterização, Desafios e Potencialidades - Parte V

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:39

Engenharia popular (EP) designa uma prática brasileira da engenharia que busca não apenas a construção participativa do diagnóstico e da solução do problema técnico enfrentado pelo grupo popular com o qual se trabalha, como também, por meio desse processo, a gradativa construção de uma ordem sociotécnica de maior empoderamento, sustentabilidade ambiental e igualdade. Neste evento, a EP foi abordada em quatro momentos: a apresentação de demandas por soluções técnicas adequadas por alguns movimentos sociais; a caracterização da EP, ao modo como a Repos a desenvolve; problematização desse tipo de atuação popular da engenharia, a partir de desafios que ela não pode se furtar a enfrentar; enriquecimento da tradição da EP a partir do diálogo com outras iniciativas populares de projeto e tecnologia.

Jornada de Engenharia Popular: Caracterização, Desafios e Potencialidades - Parte V - Leia mais…

Jornada de Engenharia Popular: Caracterização, Desafios e Potencialidades - Parte IV

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:39

Engenharia popular (EP) designa uma prática brasileira da engenharia que busca não apenas a construção participativa do diagnóstico e da solução do problema técnico enfrentado pelo grupo popular com o qual se trabalha, como também, por meio desse processo, a gradativa construção de uma ordem sociotécnica de maior empoderamento, sustentabilidade ambiental e igualdade. Neste evento, a EP foi abordada em quatro momentos: a apresentação de demandas por soluções técnicas adequadas por alguns movimentos sociais; a caracterização da EP, ao modo como a Repos a desenvolve; problematização desse tipo de atuação popular da engenharia, a partir de desafios que ela não pode se furtar a enfrentar; enriquecimento da tradição da EP a partir do diálogo com outras iniciativas populares de projeto e tecnologia.

Jornada de Engenharia Popular: Caracterização, Desafios e Potencialidades - Parte IV - Leia mais…

Jornada de Engenharia Popular: Caracterização, Desafios e Potencialidades - Parte III

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:39

Engenharia popular (EP) designa uma prática brasileira da engenharia que busca não apenas a construção participativa do diagnóstico e da solução do problema técnico enfrentado pelo grupo popular com o qual se trabalha, como também, por meio desse processo, a gradativa construção de uma ordem sociotécnica de maior empoderamento, sustentabilidade ambiental e igualdade. Neste evento, a EP foi abordada em quatro momentos: a apresentação de demandas por soluções técnicas adequadas por alguns movimentos sociais; a caracterização da EP, ao modo como a Repos a desenvolve; problematização desse tipo de atuação popular da engenharia, a partir de desafios que ela não pode se furtar a enfrentar; enriquecimento da tradição da EP a partir do diálogo com outras iniciativas populares de projeto e tecnologia.

Jornada de Engenharia Popular: Caracterização, Desafios e Potencialidades - Parte III - Leia mais…

Jornada de Engenharia Popular: Caracterização, Desafios e Potencialidades - Parte II

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:39

Engenharia popular (EP) designa uma prática brasileira da engenharia que busca não apenas a construção participativa do diagnóstico e da solução do problema técnico enfrentado pelo grupo popular com o qual se trabalha, como também, por meio desse processo, a gradativa construção de uma ordem sociotécnica de maior empoderamento, sustentabilidade ambiental e igualdade. Neste evento, a EP foi abordada em quatro momentos: a apresentação de demandas por soluções técnicas adequadas por alguns movimentos sociais; a caracterização da EP, ao modo como a Repos a desenvolve; problematização desse tipo de atuação popular da engenharia, a partir de desafios que ela não pode se furtar a enfrentar; enriquecimento da tradição da EP a partir do diálogo com outras iniciativas populares de projeto e tecnologia.

Jornada de Engenharia Popular: Caracterização, Desafios e Potencialidades - Parte II - Leia mais…

Jornada de Engenharia Popular: Caracterização, Desafios e Potencialidades - Parte I

por Sergio R V Bernardo — última modificação 26/09/2018 17:40

Engenharia popular (EP) designa uma prática brasileira da engenharia que busca não apenas a construção participativa do diagnóstico e da solução do problema técnico enfrentado pelo grupo popular com o qual se trabalha, como também, por meio desse processo, a gradativa construção de uma ordem sociotécnica de maior empoderamento, sustentabilidade ambiental e igualdade. Neste evento, a EP foi abordada em quatro momentos: a apresentação de demandas por soluções técnicas adequadas por alguns movimentos sociais; a caracterização da EP, ao modo como a Repos a desenvolve; problematização desse tipo de atuação popular da engenharia, a partir de desafios que ela não pode se furtar a enfrentar; enriquecimento da tradição da EP a partir do diálogo com outras iniciativas populares de projeto e tecnologia.

Jornada de Engenharia Popular: Caracterização, Desafios e Potencialidades - Parte I - Leia mais…

O Homem e o Rio: Histórias de Índios e Quilombolas do Baixo São Francisco

por Sergio R V Bernardo — última modificação 13/08/2018 13:31

Esta mesa-redonda marcou a abertura da exposição de mesmo nome no IEA. Nela, os conferencistas (responsáveis pelas fotografias da mostra) trataram da importância das comunidades tradicionais na conservação do rio São Francisco. Há seis anos eles pesquisam a relação das comunidades ribeirinhas Xokó (indígena) e Resina (quilombola) com o ambiente em que vivem.

O Homem e o Rio: Histórias de Índios e Quilombolas do Baixo São Francisco - Leia mais…

A Relação de Zika com Dengue e Outros Flavivírus

por Sergio R V Bernardo — última modificação 10/08/2018 10:55

As inter-relações clínicas e imunológicas entre a infecção por dengue e outros flavivírus (como a dengue e a febre amarela) e suas consequências na patogênese da doença são discutidas neste encontro.

A Relação de Zika com Dengue e Outros Flavivírus - Leia mais…

Virologia Prospectiva: Estratégias para Responder a Emergências em Saúde (Tarde)

por Sergio R V Bernardo — última modificação 10/08/2018 10:58

Pesquisadores e profissionais do mercado de saúde discutiram ações “proativas e integradas” que ajudem a evitar o surgimento de emergências virais no Brasil. Segundo os organizadores, casos recentes como do Zika vírus, da Chikungunya e da febre amarela, e a ameaça atual de novo surto de sarampo e poliomielite indicam que instituições acadêmicas e de saúde pública realizam ações pulverizadas, que atendem a tais emergências responsivamente. “Não há mecanismos que consigam antecipar esses cenários, mitigando impactos econômicos e de saúde pública”.

Virologia Prospectiva: Estratégias para Responder a Emergências em Saúde (Tarde) - Leia mais…

Virologia Prospectiva: Estratégias para Responder a Emergências em Saúde (Manhã)

por Sergio R V Bernardo — última modificação 10/08/2018 10:59

Pesquisadores e profissionais do mercado de saúde discutiram ações “proativas e integradas” que ajudem a evitar o surgimento de emergências virais no Brasil. Segundo os organizadores, casos recentes como do Zika vírus, da Chikungunya e da febre amarela, e a ameaça atual de novo surto de sarampo e poliomielite indicam que instituições acadêmicas e de saúde pública realizam ações pulverizadas, que atendem a tais emergências responsivamente. “Não há atualmente mecanismos que consigam antecipar esses cenários, mitigando impactos econômicos e de saúde pública”.

Virologia Prospectiva: Estratégias para Responder a Emergências em Saúde (Manhã) - Leia mais…

Os Desafios da Autonomia Universitária

por Sergio R V Bernardo — última modificação 09/08/2018 08:40

Os físicos Paulo de Tarso Muzy e José Roberto Drugowich estiveram no IEA para discutir o mesmo tema que trataram em profundidade no livro "Os Desafios da Autonomia Universitária: História Recente da USP". Eles falaram sobre tópicos como gratuidade, processo de nomeação de dirigentes, flexibilidade dos contratos de trabalho, avaliação, representação externa e prestação de contas. A apresentação foi comentada por um time de professores que ocupa ou já ocupou cargos administrativos em universidades ou instituições de incentivo à pesquisa.

Os Desafios da Autonomia Universitária - Leia mais…

Future of Marine-Dependent Societies: Advanced Science on Climate Change and Oceans

por Sergio R V Bernardo — última modificação 27/09/2018 09:09

O primeiro seminário de uma série que trata do futuro das sociedades dependentes do mar teve exposição de dois dos mais proeminentes cientistas contemporâneos que investigam mudanças climáticas nos oceanos: Marion Gehlen (IPSL, França) e William Cheung (University of British Columbia, Canadá). Suas pesquisas tratam dos modelos climáticos e biogeoquímicos globais, com aspectos diretamente ligados aos recursos vivos e às contribuições dos oceanos para a sociedade.

Future of Marine-Dependent Societies: Advanced Science on Climate Change and Oceans - Leia mais…

Recursos Hídricos: do Oriente Médio ao Brasil

por Sergio R V Bernardo — última modificação 10/08/2018 11:06

A dificuldade de acesso à água pode estar relacionada não apenas ao grau de sua disponibilidade, mas também à qualidade da gestão dos recursos hídricos disponíveis, segundo o geógrafo Luís Antonio Bittar Venturi. Neste encontro, por meio de três estudos de caso, Venturi buscou demonstrar que acordos de cooperação de uso compartilhado de bacias hidrográficas e o atual estágio de desenvolvimento tecnológico "anulam a hipótese de escassez hídrica e eventuais conflitos decorrentes de disputa por água". Para tratar do uso compartilhado de bacias hidrográficas, ele utilizou como base empírica o contexto da bacia do rio Eufrates - partilhada por Turquia, Síria e Iraque.

Recursos Hídricos: do Oriente Médio ao Brasil - Leia mais…

(Re)Discussão sobre as Grandes Áreas do Conhecimento (2º encontro)

por Sergio R V Bernardo — última modificação 09/08/2018 08:55

Segundo encontro do ciclo "(Re)Discussão sobre as Grandes Áreas do Conhecimento", o seminário debate atributos profissionais.Trata-se do diálogo entre ensino e pesquisa e as práticas profissionais. Os participantes discutem a valorização, nas mais diversas áreas do conhecimento (medicina, odontologia, música, teatro, educação física etc.), das qualidades profissionais, da performance e das capacidades psicomotoras (práticas corporais além das intelectuais, ou, em latim, mente manuque). O objetivo é resgatar os ideais de Newton Sucupira, salientando a relevância da pós-graduação profissional, bem como dos saberes práticos que são essenciais para o desenvolvimento não só das artes, mas também das ciências.

(Re)Discussão sobre as Grandes Áreas do Conhecimento (2º encontro) - Leia mais…

Resiliência Urbana no Contexto do Nexo Água, Energia e Alimentos

por Sergio R V Bernardo — última modificação 09/08/2018 08:54

Pesquisadores ingleses, holandeses e brasileiros discutiram a resiliência urbana no contexto do nexo água, energia e alimentos. De acordo com os organizadores, a resiliência é o que ajuda as cidades a se adaptarem e se transformarem diante de desafios como mudanças climáticas, pressões por crescentes populações migrantes e infraestruturas inadequadas.

Resiliência Urbana no Contexto do Nexo Água, Energia e Alimentos - Leia mais…

Perspectivas Filosóficas sobre a Técnica e o Maquinismo

por Sergio R V Bernardo — última modificação 09/08/2018 08:55

Discussão do aporte filosófico dos problemas da técnica e do maquinismo legados por Gaston Bachelard e Georges Canguilhem. Este seminário também permitiu apontar alguns dos prolongamentos temáticos deste assunto na contemporaneidade, em particular acerca do atual controle humano pelas máquinas.

Perspectivas Filosóficas sobre a Técnica e o Maquinismo - Leia mais…

Diálogo e Intersubjetividade em Clínica: Contribuições da Filosofia de Martin Buber

por Sergio R V Bernardo — última modificação 09/08/2018 08:55

Pesquisadores analisaram como a obra do filósofo e pedagogo Martin Buber, morto em 1965, pode colaborar com o trabalho em clínicas, considerando a importância do diálogo e da intersubjetividade nessas atividades. O austríaco, que aborda a alteridade e a relação dialógica em seus escritos, é tema do livro “Martin Buber, a Filosofia e Outros Escritos sobre o Diálogo e a Intersubjetividade”, de autoria de José Maurício de Carvalho, conferencista no evento. Além dele, participaram como debatedores o médico Paulo Saldiva, diretor do IEA, e a comunicadora Liana Gottlieb.

Diálogo e Intersubjetividade em Clínica: Contribuições da Filosofia de Martin Buber - Leia mais…

As Ruínas do Esclarecimento: O Desenvolvimento da Técnica (ainda) é Emancipatório?

por Sergio R V Bernardo — última modificação 09/08/2018 08:54

A confiança cega de que ciência e técnica são produções neutras do processo tecnológico da emancipação humana constitui um pressuposto "mítico" da modernidade, passível de crítica radical diante da degradação social e ecológica, segundo o professor de filosofia Marildo Menegat, do Núcleo de Estudos de Políticas Públicas em Direitos Humanos da UFRJ. Ele destaca que, já em 1947, no livro "Dialética do Esclarecimento", Theodor W. Adorno e Marx Horkheimer perguntavam "por que a humanidade, em vez de entrar em um estado verdadeiramente humano está se afundando em uma nova espécie de barbárie".

As Ruínas do Esclarecimento: O Desenvolvimento da Técnica (ainda) é Emancipatório? - Leia mais…