Você está aqui: Página Inicial / NOTÍCIAS / A história das principais ações em face de violações a direitos humanos

A história das principais ações em face de violações a direitos humanos

O seminário Memória e Direitos Humanos, a ser realizado no dia 29 de novembro, discutirá a violação dos direitos humanos sob a perspectiva da punição, reparação e reconciliação.

Segundo o jurista e antropólogo francês Antoine Garapon, as violações aos direitos humanos têm suscitado três tipos principais de ações ao longo da história: punição, reparação e reconciliação. Elas serão discutidas no seminário Memória e Direitos Humanos, no dia 29 de novembro, das 14 às 17 horas, no IEA.

O ciclo de debates é uma realização da Cátedra Unesco de Educação para a Paz, Direitos Humanos, Democracia e Tolerância, sediada no IEA, do NEV e do Centro Universitário Maria Antonia (Ceuma) da USP.

PROGRAMAÇÃO
14 horas Introdução
Lucia Bastos (NEV)
14h15 Punir e Não Punir — Anistias
Renan Quinhalha (FD)
15 horas Reparar — Indenizações
Glenda Merozaba (IFCH-Unicamp)
15h45 Intervalo
16 horas Reconciliar — Comissões de Verdade
Luci Buff (Procuradoria do Estado de São Paulo)
16h45 Debate
Rafael Schincariol (FD)

MEMÓRIA E DIREITOS HUMANOS
Tipo:
seminário aberto ao público, gratuito e sem necessidade de inscrição
Data: 29 de novembro, das 9 às 17 horas
Local: Sala de Eventos do IEA, Rua Praça do Relógio, 109, bloco K, 5º andar, Cidade Universitária, São Paulo
Web: transmissão em www.iea.usp.br/aovivo
Informações: com Rafael Borsanelli (rborsanelli@usp.br), tel. (11) 3091-1666