Você está aqui: Página Inicial / NOTÍCIAS / Didier Demolin faz conferência sobre comunicação animal e linguagem humana

Didier Demolin faz conferência sobre comunicação animal e linguagem humana

O linguista Didier Demolin fará a conferência "Comunicação Animal e Linguagem Humana", no dia 27 de outubro, no IEA. O evento faz parte do Ciclo Ciência Avançada, comemorativo dos 25 anos do Instituto. De acordo com pesquisas, Demolin demonstrará que há evidências ligando a comunicação animal à linguagem humana.

didierdemolin.jpg
O linguista Didier Demolin

Observações de vários aspectos e processos indicam a existência de princípios biológicos comuns subjacentes à comunicação animal e à linguagem humana, de acordo com o linguista Didier Demolin, da Universidade Livre de Bruxelas, Bélgica, e da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. Ele falará sobre esses princípios comuns na conferência "Comunicação Animal e Linguagem Humana", que fará no dia 27 de outubro, quinta-feira, às 17h, no IEA. O evento integra o Ciclo Ciência Avançada, comemorativo dos 25 anos do Instituto.

O linguista lembra que as diferenças no formato do bico dos tentilhões das ilhas Galápagos (cuja variedade desempenhou um papel crucial na formulação, por Darwin, da teoria da evolução) contribuem decisivamente para a variedade de seus cantos. Segundo Demolin, as características dessa correlação ajudam a explicar os princípios que fundamentam as diferenças entre os sistemas sonoros das linguagens humanas: "Os princípios da dialetologia aplicados aos cantos de variadas espécies de pássaros e à comunicação de cetáceos fornecem modelos excelentes para a compreensão da base sobre a qual se constróem os dialetos das linguagens humanas".

Outra evidência de princípios biológicos comuns apontada por Demolin são os mecanismos de aprendizagem: "A compreensão dos mecanismos de aprendizagem do canto dos pássaros permite dizer que são comparáveis aos observados no ser humano". Ele acrescenta que a sintaxe dos cantos de pássaros bem como a que começa a ser observada com frequencia nos primatas não humanos mostra que "princípios idênticos podem ter agido sobre a comunicação de numerosas espécies, às vezes muito distantes umas das outras".

Demolin ressalta que as restrições ecológicas e sociais desempenharam igualmente um papel relevante na evolução da comunicação de numerosas espécies e que a identidade de princípios também se observa na análise de aspectos semânticos, cognitivos e simbólicos da linguagem.

Demolin é professor titular da Universidade Livre de Bruxelas, Bélgica, onde graduou-se em filosofia e obteve os títulos de mestre em linguistica africana e doutor em linguistica. Suas áreas de pesquisa são fonética e fonologia experimental e fonética/fonologia de línguas indígenas. É professor colaborador do Departamento de Linguística da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP e professor visitante da Universidade de Mons, Bélgica.