Você está aqui: Página Inicial / NOTÍCIAS / Filósofo analisa a participação na saúde pública

Filósofo analisa a participação na saúde pública

O filósofo da ciência Nicolas Lechopier, pesquisador visitante do IEA, fará o seminário Participação e Saúde Pública no dia 21 de novembro, às 9h30, na sala de eventos do Instituto.
Nicolas Lechopier
Nicolas Lechopier, analista da saúde pública a partir da filosofia da ciência empírica

A participação constitui um aspecto central das práticas contemporâneas da saúde pública, segundo o filósofo da ciência Nicolas Lechopier, da Université Claude Bernard Lyon 1, França, e pesquisador visitante do IEA. No dia 21 de novembro, às 9h30, ele falará sobre o assunto em seminário Participação e Saúde Pública, que será realizado no IEA (assista ao vídeo aqui).

Na opinião de Lechopier, a "participação implica efetivamente a constituição mais ou menos artificial de um coletivo, acarreta certos modos de legitimação dos saberes locais e suscita problemas em termos de acordos sobre os valores epistêmicos". Sua análise baseia-se em correntes contemporâneas (biopedagógicas, nudge [indução à tomada de melhores decisões], práticas de educação popular) ligadas a regimes diferentes de participação, isto é, a configurações variadas de poderes e saberes.

Será o segundo seminário de Lechopier. No primeiro seminário, no dia 31 de outubro, ele tratou das quatro tensões estruturais que, na sua opinião, percorrem o campo da saúde pública: os conceitos de saúde e doença; os diferentes regimes de legitimidade presentes; o lugar das diferentes ciências na avaliação dos riscos e das políticas; e a consideração dos determinantes sociais da saúde.

Os dois seminários são preparatórios para a mesa-redonda Etapas para uma Abordagem Crítica dos Dispositivos de Saúde Pública, que acontecerá no dia 5 de dezembro, às 9h30, no IEA. Os eventos integram a programação do Grupo de Pesquisa de Filosofia, História e Sociologia da Ciência e da Tecnologia.

Lechopier integra também o Instituto Francês de Educação da Escola Normal Superior de Lyon. É doutor em filosofia e história da ciência pela Universidade Paris 1—Panthén-Sorbonne (2007) e realizou pesquisa de pós-doutorado na USP (2008-2009)  junto ao Projeto Temático Fapesp Gênese e Significação da Tecnociência, coordenado por Pablo Mariconda e vinculado ao grupo de pesquisa do IEA. Também cumpriu programa de pós-doutorado na Universidade do Quebec em Montreal, Canadá.

As áreas de pesquisa de Lechopier são: ética da ciência; epistemologia social e ética da saúde pública; educação e promoção da saúde; e abordagens participativas e comunitárias. Ele é autor de "Les Valeurs de la Recherche — Enquête sur la Protection des Donnés Personnelles en Épidémiologie" (2011) e, em parceria com G. Marmasse, de "La Nature entre Sciences et Philosophie" (2008).

Foto: Mauro Bellesa/IEAUSP