Você está aqui: Página Inicial / NOTÍCIAS / Sonia Coutinho e Neucidéia Colnago são as novas pesquisadoras colaboradoras do IEA

Sonia Coutinho e Neucidéia Colnago são as novas pesquisadoras colaboradoras do IEA

por Victor Matioli - publicado 18/01/2019 15:55 - última modificação 22/01/2019 12:00

Sonia desenvolverá sua pesquisa junto ao Programa USP Cidades Globais, na matriz do IEA em São Paulo, e Neucidéia atuará em parceria com o Grupo de Apoio ao Ensino Público, no polo do IEA em São Carlos.

Sonia Maria Viggiani Coutinho - Perfil
Sonia Coutinho

Durante reunião realizada no dia 12 de dezembro do ano passado, o Conselho Deliberativo (CD) do IEA-USP aprovou a vinculação de duas novas pesquisadoras colaboradoras ao Instituto. Sonia Maria Viggiani Coutinho e Neucidéia Aparecida Silva Colnago passaram a integrar o Programa Pesquisador Colaborador, criado em 2017. Sonia desenvolverá sua pesquisa junto ao Programa USP Cidades Globais, no IEA, e Neucidéia atuará em parceria com o Grupo de Apoio ao Ensino Público, no polo do IEA em São Carlos.

Graduada em direito pela USP, Sonia é professora e orientadora nos Programas de Pós-Graduação Ambiente, Saúde e Sustentabilidade; Saúde Global e Sustentabilidade e Saúde Pública na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP. O projeto de pesquisa proposto por ela, intitulado “Ordenamento territorial no Brasil: um estudo das ocupações e vocações do território sob o enfoque dos ODS”, foi indicado à Comissão de Pesquisa do IEA por Arlindo Philippi Junior, professor da FSP-USP e um dos coordenadores do Programa USP Cidades Globais. Segundo Philippi, a pesquisa terá grande relevância por “projetar para o futuro um novo desenho de divisão político-administrativa”.

Neucidéia Aparecida Silva Colnago - Perfil
Neucidéia Colnago

De acordo com a nova pesquisadora, os critérios empregados pelo Código Tributário Nacional para definir áreas urbanas e rurais dificultam um pensamento moderno, alicerçado na sustentabilidade. O objetivo da proposta apresentada é, portanto, contribuir para a análise do que Sonia chama de “novas ocupações e vocações territoriais”. Ela entende que é necessário projetar um novo ordenamento territorial no país, voltado à sustentabilidade e à redução de desigualdades, considerando a distribuição da população, a economia local, recursos naturais, indicadores sociais e aspectos culturais do Brasil. Sonia deve permanecer no Programa Pesquisador Colaborador até setembro de 2020.

Neucidéia é psicóloga, tem mestrado em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) e doutorado em Psicologia pela USP. Desde 2010 é pesquisadora honorária do polo de São Carlos do IEA-USP, onde colaborou com diversos projetos de pesquisa financiados pela Fapesp e pelo CNPq. A indicação para a vinculação de Neucidéia ao Instituto foi apresentada por Yvone Mascarenhas, também pesquisadora honorária do polo de São Carlos. A nova pesquisadora colaboradora ainda não tem uma data prevista para encerrar sua colaboração, que pode durar até cinco anos.