Você está aqui: Página Inicial / EVENTOS / Proteção de Dados e Vigilância Estatal e Corporativa

Proteção de Dados e Vigilância Estatal e Corporativa

por Cláudia Regina - publicado 10/09/2021 14:55 - última modificação 10/09/2021 15:49

Detalhes do evento

Quando

de 15/09/2021 - 10:00
a 15/09/2021 - 12:30

Onde

ON-LINE

Nome do Contato

Telefone do Contato

11 3091-1686

Adicionar evento ao calendário

O que é autodeterminação informativa e quais direitos a constituem? Qual a relação atual entre privacidade e proteção de dados? Está em pleno vigor a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/18), que estabelece os direitos e deveres relacionados à coleta, manipulação, armazenamento e compartilhamento de dados de pessoas naturais. Mas ainda há muitas dúvidas sobre seu conceitos principais e escopo. O que significa dizer, por exemplo, que o tratamento de dados para atividades jornalísticas e acadêmicas e de segurança pública, defesa nacional e segurança do Estado? Além disso, os desafios de implementação da lei são muito grandes, dado que vivemos em tempos do chamado “capitalismo de vigilância”, cuja economia e também o poder de polícia do Estado se base iam sobretudo na captura e gestão desses dados, muitas vezes sem respeitar os direitos à autonomia informacional, à privacidade, à integridade, à transparência e à adequação e à necessidade, além dos direitos de defesa e à presunção de inocência. E num país com fortes desigualdades de classe, raça, gênero, território, idade e de outros marcadores sociais da diferença, é evidente que os abusos da economia e da polícia de dados pesam mais sobre esses grupos. Para discutir esses temas, realizaremos no dia 15 de setembro, das 10h-12h30, o seminário Dados Pessoais e Vigilância estatal e corporativa. Teremos a participação de Rafael Zanatta, Diretor de pesquisa do Data Privacy Brasil, doutorando no Programa de Ciências Ambientais do Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo, e coordenador do projeto Tecnoautoritarismo, no Centro de Análise da Liberdade e do Autoritarismo (LAUT). Os debatedores serão Letícia Simões GomesDaniel Edler Duarte, respectivamente doutoranda e pós-doutorando do Núcleo de Estudos da Violência da USP, centro que realizará esta atividade em parceria do grupo Jornalismo, Direito e Liberdade.

Leituras de Referência

Lei Geral de Proteção de Dados

Relatório "Retrospectiva Tecnoautoritarismo 2020"

 

Expositor:

Rafael Zanatta (Data Privacy)

Debatedores:

Letícia Simões Gomes (NEV-USP) e Daniel Edler Duarte (NEV-USP)

Mediador:

Vitor Blotta (JDL-ECA/IEA-USP)

Inscrições

Evento público e gratuito | sem inscrição prévia

Não haverá certificação

Evento com transmissão em: http://www.iea.usp.br/aovivo