Você está aqui: Página Inicial / REVISTA / Lançamentos

Em sua 93ª edição, “Estudos Avançados” reflete sobre o ensino de humanidades

por Victor Matioli - publicado 13/08/2018 13:30 - última modificação 28/08/2018 13:29

Além de dossiê sobre o ensino de humanidades, há artigos sobre vida urbana e saúde, arte e cultura e uma homenagem ao economista Paul Singer

Capa Estudos Avançados 93A 93ª edição da revista “Estudos Avançados” inaugura uma série de publicações focadas nos ensinos fundamental e médio. O dossiê principal deste número traz um conjunto de artigos sobre o ensino de humanidades, área do conhecimento escolhida para abrir a sequência. Além de ponderações sobre a conjuntura atual da educação brasileira, os textos apresentam reflexões sobre o ensino de filosofia, história, geografia, música, literatura e religião. A versão online da publicação está disponível na íntegra no SciELO.

A revista traz ainda três outras seções, com temas diversos. Na primeira, Vida urbana e saúde, quatro artigos buscam compreender como atributos ambientais e comportamentais das grandes cidades afetam a vida de seus habitantes. O segundo conjunto de textos, Artes e cultura, traz discussões abrangentes sobre o ensino superior de artes e reflexões sobre importantes obras do século passado. Por fim, a última seção homenageia o economista Paul Singer, morto em abril deste ano, com uma grande e expressiva entrevista realizada em 2016. Veja o sumário da revista.

Para o editor da revista, Alfredo Bosi, as humanidades enfrentam uma situação paradoxal. “Ao mesmo tempo, assistimos a uma reflexão sobre os novos métodos propostos pela pedagogia e pelas didáticas específicas que abrem novos rumos ao magistério e enfrentamos uma depreciação das mesmas humanidades pelo pensamento tecnicista que se generalizou em órgãos burocráticos dentro e fora da Universidade”, atenta. Ele acredita que a intensa demanda por especialização gerada pelas revoluções industrial e tecnológica prejudicou o equilíbrio entre as ciências humanas e biológicas.

Este contexto, segundo Bosi, alimenta a necessidade de pensar o saber de modo holístico e problemático. Um ponto de partida, para ele, seria aplicar a filosofia como metodologia de de toda e qualquer modalidade do conhecimento. “O leitor encontrará artigos de docentes que vivem esse projeto tanto nas escolas públicas quanto em situações particulares, como é o caso do ensino de leitura junto a presidiários ou a tentativa bem-sucedida de introduzir o ensino de grego e latim para alunos do ensino fundamental”, comenta.

No editorial, Bosi dedica a 93ª edição da revista a Paul Singer e Paulo Freire, que, segundo ele, “levaram seus ideais democráticos ao cerne da economia e da pedagogia dos oprimidos”.

Dossiê

Ouça: Franklin Leopoldo e Silva, autor de um dos artigos da revista, em entrevista ao programa de rádio Jornal da USP

Entre 2012 e 2013, Ana Vieira Pereira participou de uma série de oficinas de escrita criativa e mediação de leitura no Presídio Militar Romão Gomes, em São Paulo. As experiências e os aprendizados de Pereira no período estão relatados no artigo À margem — experiências de literatura com pessoas encarceradas, que também compõe o dossiê principal. Segundo ela, o trabalho possibilitou a percepção da literatura e do contar da própria história como “mecanismos poderosos para a reorganização pessoal e a descoberta de novas formas dentro do campo da linguagem”.

No artigo A reforma do Ensino Médio e sua questionável concepção de qualidade da educação, Celso João Ferretti analisa criticamente a reforma promovida pelo Ministério da Educação em 2017. Os interesses políticos e econômicos da reestruturação, as disputas ideológicas que se apresentaram e os objetivos oficiais anunciados pelo governo Temer são alguns dos pontos tratados por Ferretti. Ele declara ainda ter conferido “especial atenção à flexibilização curricular e à concepção de qualidade da educação em que se baseia a reforma”.

Paula da Cunha Corrêa, no artigo O latim e o grego em uma escola municipal de Ensino Fundamental, apresenta uma exitosa experiência pedagógica conduzida a partir de 2013 na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Desembargador Amorim Lima. Usando o método Minimus, criado pela britânica Barbara Bell, Corrêa organizou a implementação de cursos de línguas clássicas — latim e grego — para alunos dos 4º e 7º anos da escola localizada na capital paulista. Segundo ela, além do ensino das línguas, o projeto leva aos alunos “diversos aspectos da cultura clássica: mitologia, história, política, teatro, poesia, música, arte e arquitetura”. O “Projeto Minimus” está em vigor até hoje e busca novas escolas para expandir sua área de atuação.

Outros temas

Os dois primeiros textos da seção Vida urbana e saúde apresentam as consequências da violência e da falta de saneamento básico para a saúde da população periférica. Os dois últimos apresentam críticas e comentários sobre o livro Vida Urbana e Saúde — Os Desafios dos Habitantes das Metrópoles (Editora Contexto, 2018), de autoria do médico e diretor do IEA-USP, Paulo Saldiva.

Em A metrópole e a saúde de seus habitantes, Helena Ribeiro descreve e analisa os temas gerais abordados na obra de Saldiva. Segundo ela, o livro mostra, com clareza, “os problemas que a urbanização tem trazido para a saúde física e mental” dos moradores da grandes cidades.

Já o articulista Fabio Angeoletto, no texto Vida urbana e saúde, ressalta que as problemáticas apresentadas por Saldiva não se resumem a São Paulo e outras metrópoles, mas a todas as cidades brasileiras. Para ele, a conclusão da leitura faz emergir uma mensagem clara, mas não explícita pelo autor: “As cidades, em sua complexidade, demandam planejamento, e as múltiplas formações acadêmicas e atores sociais precisam estar envolvidos nesse labor”.

No corpo de sete autores da seção Artes e cultura há, entre outros, o ex-diretor do IEA, Martin Grossmann, e duas professoras uspianas participantes da primeira edição do Programa Ano Sabático do IEA, de 2016: Dária Jaremtchuk e Lúcia Maciel Barbosa de Oliveira. Os trabalhos nesta edição representam parte dos resultados de suas pesquisas no Instituto.

Jaremtchuk, no artigo Abdias do Nascimento nos Estados Unidos: um “pintor de arte negra”, discorre sobre o período de 10 anos que o pintor brasileiro passou nos Estados Unidos. Segundo ela, o tempo foi fundamental para que Nascimento reafirmasse “seu compromisso com a criação de obras alinhadas com a herança cultural africana”.

Em Sobre conquistas e tensões, por sua vez, Oliveira discute o surgimento de novas dinâmicas culturais ancoradas nas tecnologias de informação e comunicação. “O momento atual exige uma compreensão não simplificadora das inúmeras representações, contradições, vozes e dos silêncios que disputam a visibilidade na arena pública”, defende.

Paul Singer

O último artigo da edição 93 da revista “Estudos Avançados” celebra o economista Paul Singer, que morreu no dia 16 de abril de 2018, aos 86 anos. Singer foi professor titular da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP e integrante da primeira composição do Conselho Deliberativo (CD) do IEA, de 1987 a 1992. Nascido em Viena, capital da Áustria, foi o criador e maior defensor da “Economia Solidária”.

No artigo Paul Singer: uma vida de luta e de trabalho pelo socialismo e pela participação democrática, Cris Andrada e Egeu Esteves apresentam uma entrevista realizada com o economista no ano de 2016. Nela, Singer fala sobre sua migração para o Brasil, a juventude na São Paulo do pós-guerra, sua relação com o movimento sindical — com ênfase à participação na Greve dos 300 mil — e, notoriamente, sobre a Economia Solidária.

“Poucos reúnem grandeza intelectual, humildade genuína e uma profunda coerência entre o que escreve e o que pratica, como ele”, escrevem os autores. “Paul Singer não apenas refletiu sobre as violências do mundo do trabalho, como se dedicou a fazê-lo junto de trabalhadores, ombro a ombro, anos a fio.”


Revista "Estudos Avançados" 93, 399 páginas, R$ 30,00 (assinatura anual com três edições: R$ 80,00). Informações sobre como assinar a publicação ou adquirir exemplares avulsos: www.iea.usp.br/revista ou com Edilma Martins (edilma@usp.br), tel. (11) 3091-1675.

Sumário

Ensino de Humanidades

Limites e possibilidades do ensino de filosofia - Franklin Leopoldo e Silva

Prefácio para a reedição de Pedagogia do oprimido, de Paulo Freire - Celso de Rui Beiseigel

A reforma do Ensino Médio e sua questionável concepção de qualidade da educação - Celso João Ferretti

Reflexões sobre o aprendizado formal em Humanidades com base no projeto “Práticas de leitura e escrita acadêmicas” - Marcus Sacrini e Valéria De Marco

Os preteridos e os preferidos: sinal dos tempos da educação - Ausonia Donato e Monique Borba Cerqueira

Autobiografias do começo de uma aula - Marcos Natali

Leitura e escrita literárias no âmbito escolar: situação e perspectivas - Neide Luzia de Rezende

À margem – experiências de literatura com pessoas encarceradas - Ana Vieira Pereira

O latim e o grego em uma escola municipal de Ensino Fundamental - Paula da Cunha Corrêa

Reflexões sobre o ensino de História - Circe Fernandes Bittencourt

Ensino de História e seus conteúdos - Antonia Terra de Calazans Fernandes

O ensino da Geografia como prática espacial de significação - Rafael Straforini

O Estado e a educação religiosa: observações a partir da psicologia - Geraldo José de Paiva

Considerações sobre o ensino de música no Brasil - Antonio Carlos Moraes Dias Carrasqueira


Vida urbana e saúde

“Caminhos da reforma sanitária”, revisitado - Amélia Cohn

Violência em favelas e saúde - Ana Lydia Sawaya, Maria Paula de Albuquerque e Semiramis Martins Álvares Domene

A metrópole e a saúde de seus habitantes - Helena Ribeiro

Vida urbana e saúde - Fabio Angeoletto

 

Artes e cultura

Abdias do Nascimento nos Estados Unidos: um “pintor de arte negra” - Dária Jaremtchuk

Sobre conquistas e tensões - Lúcia Maciel Barbosa de Oliveira

Os gigantes da montanha e o semblante do real - Martha Ribeiro

Walter Zanini e a formação de um sistema de arte contemporânea no Brasil - Isis Baldini, Martin Grossmann, Pamela Prado e Vinicius Spricigo

Ensino de Artes Visuais na Universidade - Ana Mae Barbosa

O que se espera de uma escola de arte hoje? - Martin Grossmann

Bophana e a persistência da memória - Paulo Roberto Ramos


Paul Singer

Paul Singer: uma vida de luta e de trabalho pelo socialismo e pela participação democrática - Cris Andrada e Egeu Esteves