Você está aqui: Página Inicial / REVISTA / Lançamentos

‘Estudos Avançados’ dedica dossiê ao ensino de ciências

por Mauro Bellesa - publicado 04/12/2018 10:55 - última modificação 07/12/2018 14:08

A edição 94 da revista "Estudos Avançados" (setembro-dezembro/2018) dedica seu dossiê ao ensino de ciências no Brasil.

Capa da revista 'Estudos Avançados' 94O ensino de ciências naturais, matemática e engenharia é o tema do dossiê da edição 94 da revista "Estudos Avançados", já disponível em versão impressa (440 págs., R$ 30,00) digital no site da SciELO (Scientific Electronic Library Online).

O conjunto de textos segue o projeto da revista em aprofundar o conhecimento sobre o ensino médio e o superior tanto das humanidades (tema da edição anterior) quanto das ciências naturais e da matemática. De acordo com o editor de "Estudos Avançados", Alfredo Bosi, "a complexidade das questões sobre o que e como ensinar resulta evidente" ao examinar os textos publicados.

O dossiê conta com 21 artigos e a participação de 44 pesquisadores [veja sumário abaixo]. Quinze textos estão subdivididos em minidossiês sobre química, geologia, matemática, biologia e física, elaborados com a colaboração, respectivamente, dos professores da USP Hernan Chaimovich, Umberto Cordani, Flavio Ulhoa Coelho, Marcos Buckeridge e Yvonne Mascarenhas. Há também um artigo sobre engenharia e cinco a respeito de questões gerais relativas ao ensino médio.

Nos textos gerais, os temas abordados são o papel dado às ciências naturais nas versões da Base Nacional Comum Curricular, o ensino via abordagem histórico-investigativa, o fim do modelo positivista na história das ciências, o uso de dispositivos móveis no aprendizado e o ensino médio como fecho de uma educação em crise.

Três artigos compõem o minidossiê sobre o ensino de física. São analisados o ensino e a aprendizagem da disciplina no ensino médio e a formação de seus professores, inclusive a continuada, "ainda sem procedimentos adequados e eficazes", segundo os autores) . O conjunto é completado por uma análise crítica da atual realidade do ensino da física: "em crise, desatualizado, minimizado, desvalorizado", de acordo com o autor.

No que se refere à biologia, o dossiê contém artigo sobre as potencialidades do ensino por investigação, de forma a torná-lo mais significativo para os estudantes. Para isso, os autores articulam aspectos do consenso construtivista com os eixos da alfabetização científica. O outro artigo sobre a disciplina trata das peculiaridades do ensino de botânica e da importância da contextualização para um ensino de boa qualidade.

Os princípios para um currículo de química, como ela tem sido abordada nos exames vestibulares da Fuvest nos últimos 38 e como se dá a formação de seus professores no Brasil e no mundo são os temas do minidossiê sobre a disciplina.

O ensino de geociências na universidade e a importância de expandir a área nos cursos de formação e capacitação de professores para a educação básica são discutidos em dois artigos

Em relação à matemática, os artigos discutem o ensino da disciplina nos anos iniciais de aprendizado, a formação dos professores, os materiais curriculares, as correlações da história da álgebra e do pensamento algébrico com o ensino e, de forma complementar, como a etnomatemática pode contribuir para a justiça social e a sustentabilidade.

O texto sobre engenharia apresenta a engenharia da complexidade como proposta de abordagem da área, quer seja no trabalho de concepção ou no de operação e considerando os pressupostos do pensamento complexo elaborados pelo pensador francês Edgar Morin.

Humanidades

A edição traz também outros quatro textos, que complementam, de alguma forma, o dossiê “Ensino de Humanidades”, publicado na edição anterior. Dois deles são dedicados ao pensamento teórico e à passagem pelo IEA como professor visitante do sociólogo peruano Aníbal Quijano, morto em maio aos 90 anos.

O historiador Carlos Guilherme Mota, primeiro diretor do IEA, relata em seu artigo as motivações para que ele e Adriana Lopez escrevessem o livro “História do Brasil. Uma Interpretação”, lançado em 2008 e já em sua quinta edição.

O conjunto tem ainda texto de Gonzalo Aguillar Cavallo sobre o conhecimento indígena tradicional a respeito da preservação da natureza e do patrimônio ambiental.

Homenagem

A edição é dedicada ao físico nuclear Ernst Hamburger (1933-2018), “infatigável difusor da história e das ciências dentro e fora da USP”, segundo Bosi. Hamburger foi um dos criadores do Laboratório de Demonstrações do Instituto de Física (IF) da USP e diretor da Estação Ciência, projeto (ora em reformulação) da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária.

 


Sumário da edição 94

Editorial

  • Ensino de Ciências - Alfredo Bosi

Dossiê Ensino de Ciências

  • Ensino de Botânica: Conhecimento e Encantamento na Educação Científica - Suzana Ursi, Pércia Paiva Barbosa, Paulo Takeo Sano e Flávio Augusto de Souza Berchez
  • Potencialidades do Ensino de Biologia por Investigação - Daniela Lopes Scarpa e Natália Ferreira Campos
  • Ensino e Aprendizagem de Física no Ensino Médio e a Formação de Professores - Anna Maria Pessoa de Carvalho e Lúcia Helena Sasseron
  • A Formação Continuada do Professor de Física - Jesuína Lopes de Almeida Pacca e Alberto Villani
  • Uma Análise Crítica do Ensino de Física - Marco Antonio Moreira
  • Dimensões a Considerar na Pesquisa com Dispositivos Móveis - Marcelo Almeida Bairral
  • A Abordagem Histórico-Investigativo no Ensino de Ciências - Renata F. M. Batista e Cibelle Cellestino
  • Ensino Médio - Etapa Conclusiva de uma Educação em Crise - Luis Carlos de Menezes
  • Trajetória e Perspectivas para o Ensino de Matemática nos Anos Iniciais - Cármen Lúcia Brancaglion e Adair Mendes Nacarato
  • Materiais Curriculares e Professores que Ensinam Matemática - Jonei Cerqueira Barbosa e Andréia Maria Pereira de Oliveira
  • Conexões Extramatemáticas na Formação Inicial de Docentes - Yuly Vanegas e Joaquín Giménez
  • A História da Álgebra e o Pensamento Algébrico: Correlações com o Ensino - Flávio Ulhoa Coelho e Marcia Aguiar
  • Etnomatemática, Justiça Social e Sustentabilidade - Ubiratan D'Ambrósio
  • Formação de Professores de Química no Brasil e no Mundo - Carmen Fernandez
  • Princípios para o Currículo de um Curso de Química - Flavio Antonio Maximiano
  • A Quimica no Vestibular Fuvest (1980-2018) - Paulo Alves Porto
  • As Ciências da Natureza nas 1ª e 2ª Versões da Base Nacional Comum Curricular - Maria Eunice Ribeiro Marcondes
  • A Arqueologia como Paradigma de Ciência Histórica e Interdisciplinar - Astolfo Gomes de Mello Araujo
  • Ensino de Geociências na Universidade - Umberto G. Cordani, Marcia Ernesto, Maria Assunção F. da Silva Dias, Elisabete de Santis B. G. Saraiva, Fernando F. de Alkmim, Carlos Alberto Mendonça e Rachel Albrecht
  • Perspectivas do Ensino de Geociências - Marcia Ernesto, Umberto G. Cordani, Celso Dal Ré Carneiro, Maria Assunção F. da Silva Dias, Carlos Alberto Mendonça e Elisabete de Santis Braga
  • Por uma Dialética das Controvérsias: O Fim do Modelo Positivista na História das Ciências - Gildo Magalhães
  • Engenharia da Complexidade em Edgar Morin - José Roberto Castilho Piqueira

Textos

  • Conhecimentos Ecológicos Indígenas e Recursos Naturais: A Descolonização Inacabada - Gonzalo Aguilar Cavallo
  • Aníbal Quijano e a Racionalidade Alternativa na América Latina: Diálogos com Mariátegui - Deni Alfaro Rubbo
  • Aníbal Quijano (1930-2018), Institiuto de Estudos Avançados e o Contexgto Peruano - Enrique Amayo Zevallos
  • Como e Por Que Escrevemos História do Brasil. Uma Interpretação - Carlos Guilherme Mota

 


"Estudos Avançados" 94 (setembro-dezembro/2018), 440 págs, R$ 30,00. A assinatura anual (três edições) custa R$ 80,00. Mais informações: www.iea.usp.br/revista, estavan@usp.br e telefone (11) 3091-1675.