Você está aqui: Página Inicial / EVENTOS / Guerras Híbridas: Uso Maligno do Conhecimento

Guerras Híbridas: Uso Maligno do Conhecimento

por Sandra Sedini - publicado 19/08/2019 15:30 - última modificação 23/09/2019 13:23

Detalhes do evento

Quando

de 03/09/2019 - 14:00
a 04/09/2019 - 18:00

Onde

Sala Alfredo Bosi, Rua da Praça do Relógio, 109, térreo, Cidade Universitária, São Paulo

Nome do Contato

Telefone do Contato

11 3091-1678

Adicionar evento ao calendário

A expressão Guerras Híbridas sugere significados associados a estratégias bélico-militares não materializadas em armamentos e batalhas. Sua arma prevalente é a retórica desestabilizadora de identidades pregressas amalgamadas nas memórias históricas compartilhadas pelos elos sociais de transmissão intergeracional.

Operando por relações lógicas paradoxais entre verdade e informação, oculta o domínio do conhecimento por uma instância inteligente visando o domínio do processo mundial de contrução do futuro.

Se a estratégia de militarização da ciência, processada ao término da Segunda Grande Guerra Mundial nos Estados Unidos, permitiu a sinergia ciência, sistemas de informação, militarismo e grande indústria que se reificou na instrumentalização da tecno-eletrônica sob domínio de um projeto político que se globalizou, a Guerra Híbrida inaugura um novo momento desta escalada de uso político oculto do acervo total do conhecimento erudito. Sua novidade perversa consiste na aplicação de análises apoiadas no conhecimento gerado nas ditas ciências humanas ou do espírito para ações de intervenção política não esclarecida, com resultados perturbadores do equilíbrio decisório mundial em função do acesso privilegiado dessas instâncias inteligentes aos arquivos de big data. Este embate vem transformando, em uma licença poética e metafórica, operadores iluministas da ciência, da filosofia e da lógica, em alcaguetes ingênuos oferecendo elementos para o uso maligno, obscurantista, do conhecimento gerado por sua produção científica e filosófica.

O presente seminário visa provocar reflexões sobre essa complexa questão. O que fazer?

Propositora e Conferencista:

Eda Tassara (Professora Emérita  do IP USP e Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Política Ambiental do IEA)

Inscrições

Evento público e gratuito | Com inscrição prévia

Não há necessidade de inscrição para assistir on-line

Evento com transmissão em: http://www.iea.usp.br/aovivo